sicnot

Perfil

Rio 2016

Irina Rodrigues "muito abalada" após lesão que a afastou das olimpíadas

A lançadora do disco Irina Rodrigues afirmou esta quarta-feira estar "muito abalada" por falhar os Jogos Olímpicos Rio2016 na sequência de uma lesão sofrida no treino da tarde de terça-feira, no ginásio da Aldeia Olímpica.

"Estou muito abalada. Muito mesmo. Treinei quatro anos e estava a uma semana da minha competição", escreveu, na sua conta na rede social Facebook, declarando: "Agora só me resta ser forte e ter fé! Já tive várias pedras no meu caminho e esta é mais uma".

A atleta do Sporting, de 25 anos e que foi 32.ª na sua estreia olímpica em Londres2012, explicou que fraturou o "maléolo peroneal direito" depois de cair num treino.

"O piso estava húmido, escorreguei, caí com a anca, torci o pé e depois caiu a barra de 60kg em cima do pé direito (...). Queria agradecer a todas as pessoas e entidades que me apoiaram neste ciclo (...) Apesar de tudo, estou grata. Estou nos Jogos Olímpicos do Rio e vou lutar para que em Tóquio tudo corra bem", concluiu.

Na mesma rede social, o presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, já desejou "rápidas melhoras à atleta", cuja lesão, deixou o contingente luso no atletismo reduzido a 23 atletas.

Lusa

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.