sicnot

Perfil

Rio 2016

Queda de televisão suspensa provoca pelo menos sete feridos no Parque Olímpico

A câmara gigante de televisão suspensa por cabos que ao início da tarde caiu no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro, provocou ferimentos em, pelo menos, sete pessoas, confirmou esta segunda-feira um porta-voz da organização.

Atualizada às 22.02

A câmara, da empresa responsável pela transmissão dos Jogos Olímpicos do Rio2016, conhecida como spidercam e usada para a recolha de imagens aéreas do parque, caiu mesmo ao lado do estádio do basquetebol, depois de se terem partido os cabos que a suportavam.

Vídeos recolhidos no local e partilhados nas redes sociais dão conta dos momentos de pânico que se viveram após a queda da enorme câmara preta, sendo visíveis duas mulheres sentadas no chão com ferimentos ligeiros no rosto e braços.

Outro vídeo mostra ainda uma jovem a ser transportada numa maca para uma ambulância, sendo visível, mesmo ao lado, a estrutura que suportava a câmara e que caiu de uma grande altura, mais ou menos do tamanho de uma moto de pequena cilindrada.

De acordo com a organização do Rio2016, a empresa responsável pela transmissão explicou, entretanto, que o peso da câmara era superior ao que os cabos podiam suportar, pelo que, antecipando o pior cenário, o local estava já a ser evacuado antes que o equipamento pudesse cair.

"Eles julgavam que o cabo pudesse segurar o equipamento um pouco mais, mas a câmara acabou por cair e embater numa das barreiras que estava a delimitar e a isolar a área", referiu um porta-voz do Rio2016.

Segundo o mesmo porta-voz, na sequência do embate nas barreiras de proteção duas mulheres ficaram feridas. "Ainda estamos a recolher toda a informação, mas pensamos que sete pessoas ficaram feridas, mas não com gravidade".

Lusa

  • "Sinto-me como quem leva uma sova monumental"
    0:30
  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Equipa responsável por renovação da Proteção Civil ainda não é conhecida
    2:45

    País

    A constituição da unidade de missão que deverá entrar esta segunda-feira em funções para concretizar a reforma dos sistemas de prevenção e combate a incêndios ainda não é conhecida. A equipa de trabalho anunciada por António Costa será responsável por pôr de pé o novo sistema de Proteção Civil, aprovado no Conselho de Ministros extraordinário de sábado.

  • "Quero unir o PSD depois de o clarificar"
    1:17
  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.