sicnot

Perfil

Rio 2016

COI diz que Brasil realizou "Jogos Olímpicos inesquecíveis e icónicos"

© Paul Hanna / Reuters

O presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, considerou este sábado que o Brasil organizou "uns Jogos Olímpicos inesquecíveis e icónicos" e que o COI voltaria a escolher o país sul-americano para os acolher.

"Sim, voltaríamos a escolher o Brasil. Estes Jogos foram inesquecíveis e icónicos, que não decorreram no interior de uma bolha, mas estiveram inseridos numa sociedade com problemas sociais e a vida da cidade seguiu o seu curso. Isso é muito bom", comentou.

Na véspera do encerramento dos Jogos Olímpicos do Rio2016, Thomas Bach salientou que a competição esteve "próxima da realidade".

"Por um lado, vimos como o desporto pode ajudar a unir as pessoas, mas também compreendemos que há limitações ao poder do desporto", indicou.

Os Jogos Olímpicos do Rio2016 tiveram início a 5 de agosto e terminam no domingo.

O Rio de Janeiro foi escolhido em outubro de 2009 para cidade-sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Verão de 2016 na 121.º sessão do COI - além da cidade brasileira, eram candidatas as cidades de Chicago, Tóquio e Madrid.

Lusa

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.