sicnot

Perfil

Rio 2016

Presidente do Turquemenistão dá puxão de orelhas a chefe da missão nos Jogos Olímpicos

​O presidente do Turquemenistão, Gurbanguly Berdymukhamedov, deu hoje uma reprimenda pública ao chefe dos Desportos e líder da comitiva olímpica ao Rio2016 ter regressado, uma vez mais, de mãos vazias.

"É dececionante que, mesmo com todas as facilidades oferecidas, você não tenha podido justificar a confiança da nação", disse Gurbanguly Berdymukhamedov ao chefe da missão, Kaakbay Seiidov, num encontro acompanhado pela televisão estatal.

O Turquemenistão, com uma população de cinco milhões de habitantes e rico em petróleo, nunca ganhou uma medalha olímpica, ao contrário de todos os seus vizinhos das antigas províncias da ex-URSS da Ásia Central.

Nos Jogos Olímpicos do Rio2016, que decorreram de 05 a 21 e agosto, no Brasil, nenhum dos nove elementos que integravam a comitiva conseguiu superar as rondas de qualificação.

O presidente do Turquemenistão disse ao chefe dos Desportos, equivalente a ministro, que ele tinha falhado em fazer tudo o que estava ao seu alcance "para aumentar a autoridade desportiva da pátria".

Lusa

  • Bruno de Carvalho garante empenho do Sporting
    0:52

    Desporto

    Bruno de Carvalho diz que o Sporting continua empenhado apesar do momento que o clube atravessa. O presidente leonino discursou ao início da tarde no núcleo Leões da Madeira, no Funchal, onde o Sporting joga hoje com o Marítimo.

  • Cágado tratado com implante impresso em 3D
    2:26
  • Patrões não aceitam alterações ao acordo de concertação social
    2:25

    Economia

    As confederações patronais foram esta sexta-feira ao Palácio de Belém dizer ao Presidente da República que não aceitam que o Parlamento faça alterações ao acordo de concertação social. Os patrões dizem ainda ter esperança que o Parlamento não chumbe o decreto-lei que reduz a TSU das empresas com salários mínimos.