sicnot

Perfil

Schumacher

Schumacher

Michael Schumacher

Porta-voz de Schumacher diz que alemão está a "fazer progressos"

A porta-voz do alemão Michael Schumacher, Sabine Kehm, disse este sábado que o germânico, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, está a "fazer progressos" na recuperação do grave acidente de esqui, sofrido a 29 de dezembro de 2013.

O heptacampeão mundial de F1 foi internado em coma a 29 de dezembro de 2013, depois de ter sofrido uma queda quando esquiava fora dos limites da pista na estância de Meribel, nos Alpes franceses. (Arquivo)

O heptacampeão mundial de F1 foi internado em coma a 29 de dezembro de 2013, depois de ter sofrido uma queda quando esquiava fora dos limites da pista na estância de Meribel, nos Alpes franceses. (Arquivo)

© Lisi Niesner / Reuters

"Estamos felizes por dizer que ele [Schumacher] continua a fazer progressos, tendo em conta a gravidade das lesões que sofreu na cabeça", disse Sabine Khem numa curta declaração aos jornalistas.

A porta-voz repetiu, porém, que a recuperação de Schumacher, de 46 anos, "vai ser um processo demorado".

O heptacampeão mundial de F1 foi internado em coma a 29 de dezembro de 2013, depois de ter sofrido uma queda quando esquiava fora dos limites da pista na estância de Meribel, nos Alpes franceses.

A 9 de setembro de 2014, Schumacher saiu do hospital suíço onde se encontrava internado para continuar a recuperação em casa.
Lusa
  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.