sicnot

Perfil

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Sismo no Nepal

Registadas quase 100 réplicas do sismo de sábado no Nepal

Quase cem réplicas ocorreram depois do sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter que abalou o Nepal no passado sábado, com uma intensidade que oscilou entre 4 e 6 graus, indicou hoje uma fonte oficial. 

YONHAP/ EPA

Até ao meio-dia local (07:15 de Lisboa), o Centro Nacional de Sismologia nepalês contabilizou 96 réplicas nesse intervalo de intensidade desde o sismo de sábado, além de outros dois sismos que ultrapassaram os 6 graus na escala de Richter, noticiou a agência nacional de notícias nepalesa, RSS.

O chefe do Centro, Lokbijay Adhikari, disse à RSS que ao sismo de sábado se seguiu outro de 6,6 graus, meia hora depois, no domingo ocorreu um de 6,9 na escala de Richter e, desde então, o número de réplicas foi decrescendo de intensidade.

Os últimos tremores de terra registados na madrugada de hoje foram de 4,4 e 4,9 graus.

As operações de resgate após o terramoto que atingiu o Nepal continuam dificultadas pelo mau tempo e pela falta de meios do país asiático para responder a um desastre de tal dimensão, enquanto se esgota o tempo para encontrar sobreviventes entre os escombros.

O mais recente balanço oficial de vítimas mortais, divulgado às 14:55 locais (10:10 em Lisboa), cifrou-se em 4.358 e o de feridos em 8.174, números que começam a aumentar mais lentamente, depois da rápida subida nos primeiros dias.

O sismo de sábado foi o de maior magnitude registado no Nepal nos últimos 80 anos e o pior que a região viveu numa década, desde que, em 2005, um abalo telúrico causou uma tragédia de grandes dimensões em Caxemira, com mais de 84.000 mortos.

Lusa
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • China descobre nova mutação do vírus H7N9

    Mundo

    A China descobriu uma nova mutação do vírus H7N9, considerada a mais mortífera das estirpes que causam a gripe das aves, sobretudo para aves vivas, não representando nova ameaça para os seres-humanos, informou hoje a imprensa estatal.

  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.