sicnot

Perfil

Operação Marquês

Depoimento de Bataglia põe em causa fim da investigação da Operação Marquês

Depoimento de Bataglia põe em causa fim da investigação da Operação Marquês

O prazo para o fim da investigação no âmbito da Operação Marquês pode estar em causa após o depoimento de Hélder Bataglia. Os investigadores pediram mais elementos e dados, depois de o empresário ter confessado que fez chegar milhões de euros a Carlos Santos Silva, o amigo de José Sócrates. Segundo Bataglia, o dinheiro vinha apenas de um homem: Ricardo Salgado.

  • Ricardo Salgado, o alegado corruptor de Sócrates
    3:17

    Operação Marquês

    A Operação Marquês é a terceira investigação que tem Ricardo Salgado como suspeito. O ex-banqueiro já era arguido no processo Monte Branco e nos que investigam o Universo Espírito Santo. Há duas semanas, foi formalmente apontado pelo Ministério Público como um dos alegados corruptores de José Sócrates.

  • Quem é Hélder Bataglia?
    2:15

    Operação Marquês

    Quem é afinal Helder Bataglia, o homem que assume agora uma posição decisiva na Operação Marquês? O luso-angolano de 70 anos nasceu no Seixal e tornou-se o ponta de lança do Grupo Espírito Santo, nos negócios em África. Bataglia foi feito comendador em 2007 por Cavaco Silva com a Ordem do Infante D. Henrique.

  • Confirmados dois novos casos de legionella

    Legionella

    Dois novos casos de legionella foram esta quarta-feira confirmados. A informação foi avançada em comunicado pela Direção-Geral da Saúde. Tratam-se de duas pessoas com mais de 80 anos, internadas no Hospital São Francisco Xavier e no Egas Moniz, ambas em situação clínica estável.

  • Quem é o novo Presidente do Zimbabué?
    2:15

    Mundo

    Emmerson Mnangagwa é o sucessor de Robert Mugabe que regressou esta quarta-feira da África do Sul, onde estava refugiado. No primeiro discurso, o Presidente do Zimbabué falou de uma nova democracia no país. Mnangagwa, conhecido como crocodilo, é suspeito de atrocidades na guerra civil pós-independência. 

  • Diminuem as hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino
    3:09

    Mundo

    As hipóteses de salvar os tripulantes a bordo do submarino argentino, desaparecido há 8 dias, começaram a diminuir, uma vez que o chamado "tempo de segurança" já foi ultrapassado. A Marinha portuguesa está a acompanhar o caso do submarino que está desaparecido há oito dias. As hipóteses de salvar os tripulantes vão diminuindo.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • O que aprendemos com secas anteriores?
    32:50