sicnot

Perfil

Surto de sarampo

Surto de sarampo

Surto de sarampo

Recentes surtos de sarampo mataram 35 pessoas na Europa, uma em Portugal

Os recentes surtos de sarampo na Europa causaram 35 mortos nos últimos 12 meses, entre os quais uma morte em Portugal, tendo a mais recente vitimado um rapaz de seis anos em Itália.

Nesse país, desde junho de 2016 que se registaram 3.300 casos de sarampo e duas mortes. Outros países também registaram casos e várias mortes: 31 na Roménia, uma na Alemanha e outra em Portugal.

Para Zsuzsanna Jakab, diretora regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a Europa, "toda a morte causada por esta doença que se pode evitar com uma vacina é uma tragédia inaceitável".

"Estamos muito preocupados com o facto de, apesar de uma vacina segura, eficaz e acessível estar disponível, o sarampo continuar a ser uma das principais causas de morte entre crianças em todo o mundo. Infelizmente, a Europa não é poupada", disse.

"Trabalhar de uma forma muito estreita com as autoridades de saúde em toda os países da Europa afetados é a nossa prioridade para controlar os surtos e manter uma alta cobertura vacinal em toda a população".

A região tem vindo a eliminar o sarampo. Um total de 37 países interrompeu a transmissão endémica, de acordo com a avaliação da Comissão Regional de Verificação para a Eliminação do Sarampo e Rubéola, com base em relatórios de 2015.

No entanto, persistem bolsas de baixa cobertura de imunização, as quais permitem que o vírus altamente contagioso se espalhe entre aqueles que optam por não vacinar, não têm acesso equitativo a vacinas ou não podem ser protegidos através da vacinação, por motivos de saúde.

Como resposta, alguns países adotaram medidas, como chegues de entrada nas escolas, de forma a aumentar as coberturas de vacinação contra esta e outras doenças.

Lusa

  • "Só numa ditadura é possível tentar esconder o número de vítimas"
    0:51

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O primeiro-ministro diz que é "lamentável" a tentativa de aproveitamento político à volta dos incêndios. António Costa esteve esta quarta-feira à tarde na Autoridade Nacional de Proteção Civil e, no final do briefing, disse que é preciso confiança nas instituições do Estado. O primeiro-ministro deixou ainda muitas críticas à oposição no caso da lista de vítimas de Pedrógão Grande.

  • Sociedade de Pneumologia recomenda cuidados com calor e incêndios

    País

    A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) alertou esta quarta-feira para os riscos respiratórios decorrentes dos incêndios e temperaturas elevadas, sobretudo para quem sofre de doenças crónicas, propondo medidas preventivas e recordando o aumento de mortalidade associado ao calor.

  • E os 10 mais ricos de Portugal são...

    Economia

    A família Amorim lidera a lista dos mais ricos do país, com uma fortuna avaliada em 3840 milhões de euros. Em segundo lugar surge Alexandre Soares dos Santos com 2532 milhões de euros. A família Guimarães de Mello ainda entra para o top 3, com um valor de 1471 milhões de euros. A lista foi elaborada pela revista EXAME, que conclui que os ricos estão ainda mais ricos, pela quarta vez consecutiva.

    Bárbara Ferreira

  • "Estou grávida! Estou a morrer!"
    1:14
  • Mulher vive sozinha numa ilha há 40 anos

    Mundo

    Zoe Lucas é a única pessoa a viver numa ilha canadiana, no norte do Atlântico. Nas últimas quatro décadas, a mulher de 67 tem partilhado a ilha Sable com cerca de 400 cavalos selvagens e 350 espécies de pássaros.