sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Presidente da FIFA "chocado" com o incêndio

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, mostrou-se hoje "chocado" com o incêndio de Pedrógão Grande, que já vitimou mais de meia centena de pessoas em Portugal, e enviou um "grande abraço" a todo o país.

"Hoje é um dia muito triste e estamos todos com Portugal. Estou chocado com o que aconteceu, é terrível. Um grande abraço de todo o coração para Portugal. Não tenho palavras. É terrível", afirmou Gianni Infantino.

O presidente da FIFA falava aos jornalistas durante uma visita à sala de imprensa da Arena Kazan, palco do duelo entre Portugal e México, da Taça das Confederações.

Antes do encontro, que está agendado para as 18:00 (16:00 horas de Lisboa), vai ser cumprido um minuto de silêncio e a seleção nacional vai atuar com fumos negros.

O último balanço do incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande dá conta de 61 mortos. O número de feridos mantém-se nos 57.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08