sicnot

Perfil

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Tragédia em Pedrógão Grande

Várias estradas cortadas devido a fogos de Pedrógão Grande e Góis

Várias estradas nacionais e municipais estão cortadas em diversos pontos devido aos fortes incêndios em curso na zona de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, e no concelho de Góis, distrito de Coimbra, disse à Lusa a GNR.

O IC8, cortado desde as 19:00 de sábado, por causa do violento incêndio com quatro frentes que já fez 24 mortos no concelho de Pedrógão Grande, continua interditado entre os quilómetros 90 e 84.


A Estrada Nacional 2 está cortada em dois pontos: junto ao cruzamento das Fontainhas e entre os quilómetros 290 e 298, na zona de Chã de Alvares, em consequência do incêndio de Góis, que também levou ao corte da estrada municipal 1202 junto à localidade de São João do Deserto, que pertence a Penela, e da Estrada Nacional 337 na mesma zona.


Segundo o comando-geral da GNR, igualmente fechada à circulação em dois troços está a Estrada Nacional 112, entre os quilómetros zero e três, ou seja, do início até à zona de Cabeçadas, no concelho de Góis, e entre os quilómetros 51 e 55, junto a Foz do Giraldo, Oleiros e Castelo Branco.


Todas estas estradas estão interditadas e não têm alternativa, exceto a 1202, que é uma estrada municipal, referiu a mesma fonte.

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.