sicnot

Perfil

Tragédia no Tejo

Tragédia no Tejo

Tragédia no Tejo

Buscas para encontrar criança desaparecida no Tejo suspensas até quarta-feira de manhã

As buscas para encontrar a criança de quatro anos desaparecida desde segunda-feira após ter caído ao rio Tejo, junto à praia de Caxias, Oeiras, foram suspensas às 18:50 de hoje e serão retomadas às 07:30 de quarta-feira.

Pedro Nunes / Lusa

De acordo com o comandante Malaquias Domingues, da Capitania de Lisboa, o dia de operações "não foi bem-sucedido, apesar de todos os esforços", e, devido à falta de luz, as buscas ficam suspensas por hoje, embora permaneçam dois elementos da Polícia Marítima no local durante toda a noite.

Uma criança de 19 meses morreu e outra de quatro anos está desaparecida depois de terem caído ao rio na zona da praia de Caxias, na segunda-feira à noite. O alerta foi dado por uma testemunha que viu uma mulher sair da água, em pânico e em avançado estado de hipotermia e a afirmar que as suas duas filhas estavam dentro de água.

A criança de 19 meses foi resgatada e alvo de tentativa de reanimação, mas sem sucesso.

O dia de hoje ficou marcado pelo ferimento de um dos quatro elementos da equipa de mergulhadores, que teve de ser transportado para o hospital. A situação obrigou à suspensão das buscas de mergulho durante cerca de duas horas.

Faltava pouco para as 15:00, no período de maré-baixa, quando uma nova equipa de mergulhadores do grupo forense da Polícia Marítima, composta por cinco elementos, avançou para as buscas no local do desaparecimento da criança, numa zona rochosa, suspeitando-se de que pudesse estar ali presa.

No entanto, avançou Malaquias Domingues, "não houve qualquer evolução".

As operações de salvamento desenvolveram-se até um perímetro de cerca de 10 quilómetros quadrados e contaram com a presença de três embarcações, mais de 30 elementos da Polícia Marítima, Instituto de Socorros a Náufragos e PSP.

A mãe das crianças, de 37 anos, foi transferida para o Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde permanece internada.

As autoridades estão a investigar as circunstâncias em que ocorreu o incidente.

Em declarações à agência Lusa, fonte da Comissão Nacional de Proteção de Crianças e Jovens em Risco da Amadora adiantou que a família estava sinalizada e que a mulher já tinha apresentado queixa em novembro na polícia por violência doméstica e suspeita de abusos sobre as meninas por parte do pai.

Lusa

  • Mergulhadores interrompem buscas por criança no Tejo
    1:08

    Tragédia no Tejo

    Foram interrompidas as buscas com mergulhadores pela criança de 4 anos que está desaparecida desde ontem à noite no Tejo, junto à praia de Caxias. Os mergulhadores envolvidos tinham esperança de encontrar o corpo quando a maré estivesse mais baixa, voltarão ao mar amanhã de manhã. A Polícia Judiciária ainda não conseguiu falar com a mãe do bebé de 19 meses, que acabou por morrer, e da criança desaparecida, pois ainda se encontra hospitalizada no Hospital Santa Maria.

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagas as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Presidente da Câmara de Nova Iorque confirma "atentado terrorista falhado"
    0:29
  • Israel volta a bombardear posições do Hamas em Gaza

    Mundo

    O exército israelita voltou a bombardear esta segunda-feira posições do movimento Hamas na Faixa de Gaza em resposta ao lançamento de projéteis em direção a Israel pelas milícias palestinianas, informou um comunicado militar.

  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.