sicnot

Perfil

TSU/PEC

"Guerra" entre as centrais sindicais

"Guerra" entre as centrais sindicais

A guerra entre as centrais sindicais está aberta. A UGT diz que a CGTP deve ficar de fora da discussão sobre a descida do Pagamento Especial por Conta. Num tom duro, Carlos Silva deixa o aviso: se Arménio Carlos se sentar à mesa, terá de assinar a nova versão do acordo, caso contrário, a UGT também não assina.

  • Carlos Silva revelou "mau perder" ao criticar CGTP
    0:40

    TSU/PEC

    Francisco Louçã considera que a UGT não cumpriu o dever sindical e Carlos Silva revela mau perder ao criticar a CGTP. A propósito da troca de argumentos entre centrais sindicais, o comentador da Edição da Noite disse que a UGT esteve mal ao assinar o acordo de concertação.

  • "A CGTP é dominada por um PCP extremamente ortodoxo"
    1:48

    TSU/PEC

    O secretário-geral da UGT acusa a CGTP de sectarismo e diz que está na altura de fazer frente à central sindical rival. As declarações de Carlos Silva foram feitas no final da reunião do secretariado nacional da UGT, onde foi abordada a redução progressiva do Pagamento Especial por Conta.

  • CGTP diz que não entra em discussões de "baixa política"
    1:06

    País

    A CGTP diz que não entra em discussões "de baixa política" por causa das críticas de que tem sido alvo por não ter subscrito o acordo de concertação social de dezembro. Sobre a questão que se coloca agora sobre o pagamento especial por conta, Arménio Carlos sublinha que a CGTP não abdica de se pronunciar.

  • "É mais um notável tiro no pé de Passos Coelho"
    4:04

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite, a polémica em torno de Pedro Passos Coelho, depois do presidente do PSD ter pedido desculpas por ter "usado informação não confirmada", ao falar na existência de suicídios, depois desmentidos, como consequência da falta de apoio psicológico na tragédia de Pedrógão Grande. Sousa Tavares considera que Passos Coelho deu "mais um tiro no pé" e defende que o líder da oposição "está notoriamente desgastado" e "caminha para uma tragédia eleitoral autárquica".

    Miguel Sousa Tavares

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.