sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Inquérito revela que avião da Malaysian Airlines foi abatido por míssil russo

Investigadores internacionais concluíram que o avião da Malaysian Airlines, com o código de voo MH17, foi abatido por um míssil BUK, de fabrico russo, disparado do leste da Ucrânia, revela hoje um jornal holandês.

17 de julho de 2014: O voo MH17 da Malaysia Airlines é abatido sobre território controlado por rebeldes, provocando a morte a 298 pessoas

17 de julho de 2014: O voo MH17 da Malaysia Airlines é abatido sobre território controlado por rebeldes, provocando a morte a 298 pessoas

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

O relatório oficial sobre a queda do avião na Ucrânia, a 17 de julho de 2014, que provocou a morte de 298 pessoas, deve ser oficialmente apresentado ainda hoje.

Citando três fontes próximas da investigação, o jornal Volkskrant indica que as conclusões do inquérito liderado pela Holanda, que durou 15 meses, indicam que o avião foi atingido por um míssil BUK terra-ar.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que transportava 298 pessoas a bordo, foi abatido a 17 de julho de 2014 no leste da Ucrânia, numa zona de combates entre separatistas pró-russos e forças governamentais, quando efetuava a ligação entre Amesterdão e Kuala Lumpur.

  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.

  • PJ de Portimão deteve italiano foragido
    0:55

    País

    A Polícia Judiciária de Portimão deteve em Lagos um homem italiano que aguardava extradição. O antigo piloto de automóveis esteve foragido durante quase um ano, depois de ter cortado a pulseira eletrónica.