sicnot

Perfil

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Crise na Ucrânia

Fortuna do Presidente ucraniano sobe 20% apesar da crise económica

O Presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, é o único dos dez ucranianos mais ricos do país a ver aumentada a sua fortuna, apesar da promessa de vender as suas empresas e da crise económica no país, divulgou esta sexta-feira a imprensa local.

A fortuna de Petro Poroshenko é estimada pela revista Novoie Vremia em 979 milhões de dólares (895 milhões de euros).

A fortuna de Petro Poroshenko é estimada pela revista Novoie Vremia em 979 milhões de dólares (895 milhões de euros).

© Gleb Garanich / Reuters

A fortuna de Petro Poroshenko, empresário que lidera o "império do chocolate" na Ucrânia e que prometeu vender durante a campanha eleitoral das eleições de maio de 2014, é estimada pela revista Novoie Vremia em 979 milhões de dólares (895 milhões de euros), mais 20% do que no ano passado.

Este aumento, segundo a publicação ucraniana, permitiu a Poroshenko subir três lugares na lista dos mais ricos do país, ascendendo ao sexto posto.

O presidente ucraniano é proprietário da fábrica de chocolates Roshen, cujas lojas não param de multiplicar-se.

Apesar da promessa, Poroshenko acaboyu por nunca deixar a empresa, argumentando que a crise económica vigente não é uma boa altura para a vender.

Segundo a Novoie Vremia, os negócios "correm sobre rodas" para Poroshenko, que está também envolvido no setor bancário.

"O banco de investimento internacional do presidente aumentou os seus ativos em 84,8%, enquanto o sistema bancário do país se afundou, o que levou ao encerramento de 60 entidades bancárias", nota a revista.

A maioria pró-europeia no poder em Kiev prometeu atacar a corrupção que afeta o país em todas as áreas de atividade e níveis hierárquicos, criticando a influência dos oligarcas locais, que lideram os gangues poderosos constantemente em confronto.

Tendo como pano de fundo a profunda crise económica, agravada pelo mortífero conflito no leste separatista russo, todos os oligarcas viram as suas fortunas baixarem.

O mais afetado foi o número um da lista, Rinat Akhmetov, antigo tesoureiro do presidente pró-russo Viktor Yanukovitch, destituído após três meses de contestação pró-europeia, reprimida com violência.

A fortuna de Akhmetov, 49 anos, empresário ligado à indústria metalúrgica, cuja maior parte das fábricas se situa na zona de conflito no leste do país, diminuiu 56%, fixando-se nos 4,5 mil milhões de dólares (4,1 mil milhões de euros).

Lusa

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • As polémicas do primeiro mês de Donald Trump como Presidente
    3:17
  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.