sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Organização Mundial de Saúde declara Zika uma emergência global

O Comité de Emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, esta segunda-feira, o vírus Zika, já presente em 24 países da América, como uma emergência de saúde pública de importância internacional.

Felipe Dana

O vírus, transmitido pelo mosquito "Aedes aegypti" (o mesmo do dengue e da chikungunya), normalmente provoca uma infeção leve, mas tem-se associado a casos de microcefalia em bebés de mães infetadas e a alguns casos de síndrome de Guillain-Barré. Uma associação que levou a OMS a considerar o Zika como uma ameaça de "proporções alarmantes", como definiu a diretora-geral, Margaret Chan, segundo noticia o El País.

Declarar uma emergência de saúde pública internacioal, decisão que tomou em 2009 com a Gripe A e em 2014 com o Ébola, implica pôr em marcha mecanismos para coordenar a deteção, a prevenção e a vigilância do problema.

José María Martín Moreno, catedrático de medicina de prevenção da Universidade de Valência, explica que os especialistas da OMS estabeleceram o alerta global baseando-se em dois elementos: na existência de um risco para a saúde pública de outros Estados por causa da propagação do Zika e da necessidade de haver uma resposta internacional conjunta. "A partir disso, provavelmente, deve-se propôr insistir no fortalecimento da vigilância epidemológica, na criação da capacidade de laboratório para se detetar o vírus, na colaboração na eliminação dos mosquitos, na formulação de recomendações sobre a atenção clínica e no seguimento das pessoas infetadas pelo vírus e na definição de áreas de investigação prioritárias sobre a doença e as suas possíveis complicações", disse Martín Moreno, que também é assessor da OMS para a Europa.

Segundo a OMS, este virus pode afetar três ou quatro milhões de pessoas, não tem, para já, tratamento. O único modo de lutar contra a infeção é preveni-la: evitar que o mosquito pique e acabar com ele.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.