sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Ministro da Saúde brasileiro diz Vírus Zika não inviabiliza Jogos Olímpicos

O Ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Castro, disse esta terça-feira após uma reunião com 24 representantes de países da União Europeia, que o vírus Zika não vai inviabilizar a realização dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

© Ricardo Moraes / Reuters

"Estamos dizendo, com bastante segurança, que as Olimpíadas não terão nenhuma dificuldade para serem realizadas", afirmou.

O governante brasileiro recordou ainda que a população do mosquito transmissor do vírus Zika, da Dengue e da Chikungunya, costuma ter uma forte queda no inverno, quando os atletas estarão a competir.

As autoridades brasileiras esperam que além desse fator sazonal, ações de combate ao mosquito como a mobilização nacional realizada no país no último sábado façam a população do vetor ser ainda menor durante os Jogos.

Marcelo Castro também recomendou que os turistas estrangeiros adotem os mesmos cuidados de prevenção que os brasileiros, como, por exemplo, a aplicação recorrente de repelente e uso de roupas claras e compridas para cobrir grande parte do corpo.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.