sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Zika pode provocar lesões neurológicas nas últimas semanas de gestação

© Reuters

O vírus Zika pode provocar lesões neurológicas em bebés mesmo quando a infeção ocorre dias antes do nascimento e não apenas no primeiro trimestre de gravidez, como se pensava. As conclusões são de um estudo brasileiro.

"Predominava, até então, o paradigma de que a infeção seria preocupante apenas se ocorresse no primeiro trimestre da gestação. No entanto, observámos danos cerebrais em quatro crianças cujas mães foram infetadas quando faltavam entre duas e uma semana para o parto", afirmou Maurício Lacerda Nogueira, professor da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) e integrante da Rede de Pesquisa sobre Zika Vírus em São Paulo (Rede Zika).

Os cientistas têm acompanhado um grupo de 55 mulheres com diagnóstico confirmado de Zika durante a gestação, no Hospital de Base de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. À medida que os bebés vão nascendo, também são submetidos a exames detalhados.

Em quatro das crianças expostas ao vírus no último trimestre de gravidez, exames imagiológicos revelaram a presença de lesões no sistema nervoso central características de infeções congénitas.

Além disso, no momento do nascimento, foi possível detetar o Zika ainda ativo na urina e no sangue dos bebés, o que confirma a transmissão vertical (da mãe para o feto) do vírus. Dois desses casos são relatados no artigo.

"Estes bebés nasceram com peso e altura normal, não tinham microcefalia ou qualquer outro sintoma da doença. As lesões teriam passado despercebidas aos profissionais de saúde se as mães não fizessem parte de um grupo de estudo", comentou Nogueira, citado pela agência FAPESP.

Segundo o investigador, o tipo de lesão observada não está associado a manifestações graves em outras situações previamente estudadas, mas as implicações no desenvolvimento neuro cognitivo das crianças infetadas pelo Zika ainda são desconhecidas.

"Agora, pretendemos acompanhar o desenvolvimento dos bebés durante alguns anos e observar se haverá algum prejuízo. Esta descoberta revela mais um espectro da doença e torna-a ainda mais complexa. Não existem apenas os casos dramáticos de microcefalia, mas também outras manifestações menos graves, que ainda precisam de ser melhor compreendidas", disse Nogueira.

O Brasil é o país mais afetado pela atual epidemia de zika, vírus que está associado a complicações neurológicas, sobretudo anomalias no desenvolvimento cerebral (microcefalia) em fetos de mães infetadas.

Segundo o último relatório da Organização Mundial de Saúde sobre o vírus, datado de quinta-feira passada, o Brasil já registou um total de 1888 casos de microcefalia ou malformações do sistema nervoso central potencialmente associadas à infeção pelo Zika.

A epidemia foi declarada em 2015 e desde então 55 países registaram casos da doença, a maioria importados, e 20 países já registaram microcefalia ou outras malformações do sistema nervoso central potencialmente associadas ao Zika.

Embora o Zika provoque sintomas ligeiros, quando a infeção ocorre na gravidez pode provocar malformações cerebrais congénitas, incluindo microcefalia.

Com Lusa

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC