sicnot

Perfil

Vírus Zika

Vírus Zika

Vírus Zika

Instituto brasileiro pode começar a testar vacina contra o Zika em dois meses

O Instituto Butantan pode começar em dois meses os testes em humanos de uma vacina contra o vírus Zika, segundo o anúncio feito esta terça-feira pelo diretor da entidade, Jorge Kalil, divulgou a imprensa brasileira.

De acordo com o portal eletrónico de notícias G1, esta é a expectativa do diretor do instituto, Jorge Kalil.

O projeto, que é resultado de uma parceria com um instituto americano, é de uma vacina que usa um pequeno fragmento de ADN produzido sinteticamente em laboratório que codifica uma proteína do vírus Zika e, por isso, desperta a resposta imunológica contra o vírus no organismo.

"É uma tecnologia absolutamente revolucionária. Sabemos que não tem nada de infeccioso e que não causa problemas para a grávida. Porque nós temos que proteger a mulher grávida", afirmou Kalil.

Uma das principais preocupações em relação ao vírus Zika é o risco dele provocar microcefalia em bebés cujas mães foram infetadas.

Este tipo de vacinas (de ADN) são vistas como uma tendência para o futuro, mas, até ao momento, ainda não existe nenhum produto desse tipo aprovado para uso comercial.

O Instituto Butantan também trabalha no desenvolvimento de um soro contra Zika e de anticorpos monoclonais para combater o vírus, ambos com a função de neutralizar o vírus já presente no organismo da pessoa infetada.

Outra iniciativa em andamento no Instituto Butantan é de um projeto de vacina contra o zika com vírus inativado, para o qual centro de pesquisa recebeu três milhões de dólares (2,7 milhões de euros) da Autoridade de Desenvolvimento e Pesquisa Biomédica Avançada (BARDA, sigla em inglês), órgão ligado ao Departamento de Saúde e Serviços Humanos do Governo norte-americano (HHS).

Pesquisadores do centro já trabalharam no processo de cultura, purificação e inativação do vírus em laboratório.

A entidade, que se localiza na cidade de São Paulo, é uma instituição pública que produz vacinas (tétano, HPV e outras) e soros (contra veneno de cobras, aranhas e escorpiões, por exemplo), tem um departamento de pesquisa, um hospital, um museu e ainda dá formação na área da saúde.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.