sicnot

Perfil

Vistos gold

Vistos gold

Vistos Gold

Ministério Público arquiva inquérito que envolvia presidente da Relação no caso Vistos Gold

O Ministério Público no Supremo Tribunal de Justiça arquivou o inquérito extraído do processo Vistos Gold, que envolvia o presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Vaz das Neves.

O presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Vaz das Neves. (Arquivo)

O presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Vaz das Neves. (Arquivo)

SIC

O Ministério Público considerou que não existiram indícios da prática de qualquer ilícito criminal por parte do juiz desembargador, depois de ter sido gravado numa conversa telefónica com um dos arguidos do processo.

Nessa escuta, de 2 de setembro do ano passado, o presidente da Relação de Lisboa pedia a António Figueiredo, o então presidente do Instituto de Registos e Notariado, que facilitasse o processo de registo do filho de uns amigos.

O Departamento Central de Investigação e Ação Penal considerou, na altura, a conversa suspeita e instaurou o inquérito, que agora foi arquivado pelo procurador do Supremo Tribunal de Justiça.
  • Como se sobrevive à dor em Nodeirinho e Pobrais
    2:43
  • Raphäel Guerreiro vai continuar a acompanhar a seleção
    1:08
  • 74 mil alunos do secundário têm a vida "suspensa" 
    2:22

    País

    Enquanto o Ministério Público investiga a fuga de informação no exame nacional de Português do 12.º ano, 74 mil estudantes ficam com a vida suspensa. Se a fuga se confirmar, o exame corre o risco de ser anulado e as candidaturas ao ensino superior atrasam. O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pelos exames, prometeu esclarecimentos para os próximos dias.