Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
1:40

Comissão Europeia dá nota negativa a Portugal

2
0:42

Costa acusa Governo de ter aumentado a dívida e a pobreza no país

3
1:42

Dois bombeiros feridos no combate a incêndio na baixa de Lisboa

4
2:39

Japão confirma veracidade do vídeo da execução de refém dos jihadistas

5
0:26

Conversações de paz entre Ucrânia e separatistas pró-russos terminam sem acordo

6
1:57

Dívida grega domina périplo europeu de Alexis Tsipras

7
1:05

Passos diz que Europa já foi solidária com a Grécia e que regras têm de ser cumpridas

8
0:54

PM convicto de que défice ficará abaixo dos 3%

9
0:37

PM diz que nada mais tem a acrescentar sobre o caso BES

10
0:44

PCP quer que PR preste por escrito informações sobre BES

11
2:57

Líder do Podemos diz que 2015 é ano de mudança

12
0:35

Carvalho da Silva avança para Belém, revela Marques Mendes

13
1:24

FC Porto defronta hoje o Paços de Ferreira

14
2:08

Jesus diz que Júlio César não deve recuperar a tempo do dérbi com o Sporting

Mais Especiais:

O voo MH 370 da Malaysia Airlines desapareceu sobre o Golfo da Tailândia, quando fazia a ligação entre as capitais da Malásia e da China. Levava 239 pessoas a bordo.

2:22
09:10 20.03.2014

Avistados no Oceano Índico "possíveis" fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia

Foram avistados, no Oceano Índico, possíveis fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia, através de imagens de satélite. A garantia veio do primeiro-ministro australiano, que já enviou aviões de busca para o local para confirmar se, de facto, os destroços pertencem ao aparelho desaparecido há 12 dias com 239 pessoas a bordo.

Quatro aviões militares já foram enviados para a zona, a quatro horas da costa sudoeste da Austrália, a fim de determinar se os objetos identificados serão, ou não, destroços do avião da Malaysia Airlines.

A Autoridade Australiana de Segurança Marítima adverte que aquela área é a de uma rota comercial onde navegam regularmente navios de carga, dos quais caem muitas vezes contentores, pelo que os objetos podem não ser do avião.

A Malásia sublinhou também a necessidade  de verificar a pista anunciada.

"Cada pista representa uma esperança", disse o ministro dos Transportes  da Malásia, Hishammuddin Hussein.  

"Temos sido bastante coerentes. Nós queremos verificar, queremos corroborar",  declarou.  

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: VIDEO
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .