Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
3:12

PSD perdeu e reconquistou maioria absoluta na Madeira em poucas horas

2
1:26

PCP acusa PSD de "chapeladas" na contagem de votos na Madeira

3
1:10

Santana Lopes fala em "sorte" do PSD por ter conquistado maioria absoluta na Madeira

4
3:18

Comissão de Proteção de Dados confirma existência de lista VIP

5
1:32

Bernardino Soares volta a criticar Paulo Núncio pela lista VIP

6
0:31

Costa vai apresentar renúncia ao mandato de presidente da Câmara de Lisboa

7
0:09

Luís Montegro diz que António Costa "não leva o mandatos até ao fim"

8
2:05

Passos diz preferir não gastar dinheiro europeu a gastá-lo mal

9
1:16

Trabalhador de 27 anos morre soterrado em Bragança

10
1:31

Recluso agrediu violentamente dois guardas na prisão de Castelo Branco

11
2:22

Lubitz referiu à Lufthansa que sofreu uma depressão severa

12
1:59

Polícia turca proibiu cobertura televisiva de sequestro de procurador em Istambul

13
1:06

"Os jogadores mostraram a sua qualidade, o futuro está garantido"

14
1:06

Estreantes na seleção lamentam derrota frente a Cabo Verde

15
2:43

Pintor Júlio Pomar escreveu letras para fado e ofereceu-as a Carlos do Carmo e Cristina Branco

Mais Especiais:

O voo MH 370 da Malaysia Airlines desapareceu sobre o Golfo da Tailândia, quando fazia a ligação entre as capitais da Malásia e da China. Levava 239 pessoas a bordo.

2:22
09:10 20.03.2014

Avistados no Oceano Índico "possíveis" fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia

Foram avistados, no Oceano Índico, possíveis fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia, através de imagens de satélite. A garantia veio do primeiro-ministro australiano, que já enviou aviões de busca para o local para confirmar se, de facto, os destroços pertencem ao aparelho desaparecido há 12 dias com 239 pessoas a bordo.

Quatro aviões militares já foram enviados para a zona, a quatro horas da costa sudoeste da Austrália, a fim de determinar se os objetos identificados serão, ou não, destroços do avião da Malaysia Airlines.

A Autoridade Australiana de Segurança Marítima adverte que aquela área é a de uma rota comercial onde navegam regularmente navios de carga, dos quais caem muitas vezes contentores, pelo que os objetos podem não ser do avião.

A Malásia sublinhou também a necessidade  de verificar a pista anunciada.

"Cada pista representa uma esperança", disse o ministro dos Transportes  da Malásia, Hishammuddin Hussein.  

"Temos sido bastante coerentes. Nós queremos verificar, queremos corroborar",  declarou.  

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: VIDEO
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .