Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
2:58

Costa faz ultimato aos estivadores

2
0:57

Greve em Lisboa obriga ao desvio de carga para Porto de Leixões

3
2:23

Representante dos colégios diz que recebeu apoio do PR, Belém desmente

4
1:54

População de Faíscas em choque com triplo homicídio

5
2:38

Autor do triplo homicídio tinha sido despedido e sofria de depressão

6
3:38

Primeiro-ministro culpa anterior governo por eventuais sanções da UE

7
1:51

Onze detidos em Faro por venda de droga

8
1:32

BdP obriga os principais bancos a reforçar capital

9
2:34

Barack Obama é o primeiro Presidente dos EUA a visitar Hiroshima

10
3:22

Portugueses aproveitam mini-férias no Nordeste Transmontano

11
1:37

Turistas ingleses em Portugal aumentam 30% em relação ao ano passado

12
0:33

Mais de 4 mil migrantes resgatados pela Guarda Costeira italiana

13
1:28

Jovem violada por mais de 30 homens no Rio de Janeiro

14
2:53

Crise na Venezuela faz crescer mercado negro

15
1:14

Mourinho assinou contrato com o Manchester por três épocas

16
1:21

Golden State Warriors vencem os OKC Thunder na NBA

Mais Especiais:

O voo MH 370 da Malaysia Airlines desapareceu sobre o Golfo da Tailândia, quando fazia a ligação entre as capitais da Malásia e da China. Levava 239 pessoas a bordo.

2:22
09:10 20.03.2014

Avistados no Oceano Índico "possíveis" fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia

Foram avistados, no Oceano Índico, possíveis fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia, através de imagens de satélite. A garantia veio do primeiro-ministro australiano, que já enviou aviões de busca para o local para confirmar se, de facto, os destroços pertencem ao aparelho desaparecido há 12 dias com 239 pessoas a bordo.

Quatro aviões militares já foram enviados para a zona, a quatro horas da costa sudoeste da Austrália, a fim de determinar se os objetos identificados serão, ou não, destroços do avião da Malaysia Airlines.

A Autoridade Australiana de Segurança Marítima adverte que aquela área é a de uma rota comercial onde navegam regularmente navios de carga, dos quais caem muitas vezes contentores, pelo que os objetos podem não ser do avião.

A Malásia sublinhou também a necessidade  de verificar a pista anunciada.

"Cada pista representa uma esperança", disse o ministro dos Transportes  da Malásia, Hishammuddin Hussein.  

"Temos sido bastante coerentes. Nós queremos verificar, queremos corroborar",  declarou.  

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: VIDEO
22:31
Comandante do Daesh morto em Fallujah
22:30
Governo francês garante resolução rápida da crise dos combustíveis
22:29
Barack Obama foi o primeiro Presidente dos EUA a visitar Hiroshima
22:25
Marcelo demarca-se de comunicado dos representantes dos colégios privados
22:24
Min. da Educação anuncia que PGR lhe deu razão nos contratos de associação
22:22
Advogado de Pereira Cristóvão lança críticas ao Ministério público
17:38
Jihadistas iniciam ofensiva a norte da Síria e controlam 5 povoações
17:36
Pereira Cristóvão condenado a 4 anos e meio de prisão com pena suspensa
17:33
Nadal abandona Roland Garros devido a lesão no pulso
17:32
Ibrahimovic elogia escolha de José Mourinho
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .