Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
1:19

16 piratas informáticos constituídos arguidos

2
1:40

UTAO conclui que défice até março aumentou

3
2:13

Marcha de protesto dos trabalhadores do handling no aeroporto de Lisboa

4
1:54

Greve dos estivadores já dura há duas semanas

5
3:44

Jovem pendura cão na janela

6
0:54

Caso de jovem que pendura cão na janela deve servir de exemplo, diz SOS Animal

7
1:14

Tentativa de selfie destrói estátua no Rossio, em Lisboa

8
0:33

Malaca Casteleiro desvaloriza críticas à demora na aplicação do Acordo Ortográfico

9
1:15

Fogo destrói armazém de fábrica de Vila Velha de Ródão

10
2:11

Trump vence no Indiana e Ted Cruz abandona corrida à Casa Branca

11
2:15

Havana foi palco do novo desfile da Chanel

12
0:36

Polícias da Nova Zelândia mostram dotes de dança

13
1:29

Técnico do Manchester City confiante na passagem à final da Champions

14
1:20

Ronaldo diz que sempre soube que estava destinado a chegar ao topo

15
1:43

Biografia de Margarida Marante chega às livrarias

Mais Especiais:

O voo MH 370 da Malaysia Airlines desapareceu sobre o Golfo da Tailândia, quando fazia a ligação entre as capitais da Malásia e da China. Levava 239 pessoas a bordo.

2:22
09:10 20.03.2014

Avistados no Oceano Índico "possíveis" fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia

Foram avistados, no Oceano Índico, possíveis fragmentos do Boeing 777 das linhas aéreas da Malásia, através de imagens de satélite. A garantia veio do primeiro-ministro australiano, que já enviou aviões de busca para o local para confirmar se, de facto, os destroços pertencem ao aparelho desaparecido há 12 dias com 239 pessoas a bordo.

Quatro aviões militares já foram enviados para a zona, a quatro horas da costa sudoeste da Austrália, a fim de determinar se os objetos identificados serão, ou não, destroços do avião da Malaysia Airlines.

A Autoridade Australiana de Segurança Marítima adverte que aquela área é a de uma rota comercial onde navegam regularmente navios de carga, dos quais caem muitas vezes contentores, pelo que os objetos podem não ser do avião.

A Malásia sublinhou também a necessidade  de verificar a pista anunciada.

"Cada pista representa uma esperança", disse o ministro dos Transportes  da Malásia, Hishammuddin Hussein.  

"Temos sido bastante coerentes. Nós queremos verificar, queremos corroborar",  declarou.  

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: VIDEO
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .