sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Destroços encontrados na ilha de Reunião pertencem ao voo MH370

Os destroços encontrados no passado mês de julho na ilha francesa de Reunião pertencem ao Boeing 777 que realizava o voo MH370 entre Kuala Lumpur e Pequim, desaparecido em março do ano passado. A garantia foi dada esta quinta-feira pelas autoridades francesas.

© Prisca Bigot STR / Reuters

"É possível dizer com segurança que o 'flaperon' descoberto na Ilha de Reunião a 29 de julho pertencia ao voo MH370", informaram os procuradores franceses num comunicado divulgado em Paris.

Segundo o texto, os números de série do fragmento correspondem a uma peça fabricada pela Airbus Defence and Space para a Boeing.

O Boeing 777 fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim quando desapareceu dos radares, a 08 de março de 2014.

O fragmento da asa, com dois metros de comprimento, foi encontrado ao largo da ilha de Reunião, um território ultramarino francês, e levado para França para ser submetido a análises de especialistas em aviação.

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, tinha afirmado, dias depois de serem encontrados os destroços, que eles pertenciam ao voo da Malaysia Airlines, mas os investigadores preferiram na altura dizer apenas que havia uma "probabilidade muito elevada" de se tratar do avião desaparecido.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.