sicnot

Perfil

Avião desaparecido

Avião desaparecido

Voo MH370

Destroços encontrados na ilha de Reunião pertencem ao voo MH370

Os destroços encontrados no passado mês de julho na ilha francesa de Reunião pertencem ao Boeing 777 que realizava o voo MH370 entre Kuala Lumpur e Pequim, desaparecido em março do ano passado. A garantia foi dada esta quinta-feira pelas autoridades francesas.

© Prisca Bigot STR / Reuters

"É possível dizer com segurança que o 'flaperon' descoberto na Ilha de Reunião a 29 de julho pertencia ao voo MH370", informaram os procuradores franceses num comunicado divulgado em Paris.

Segundo o texto, os números de série do fragmento correspondem a uma peça fabricada pela Airbus Defence and Space para a Boeing.

O Boeing 777 fazia a ligação entre Kuala Lumpur e Pequim quando desapareceu dos radares, a 08 de março de 2014.

O fragmento da asa, com dois metros de comprimento, foi encontrado ao largo da ilha de Reunião, um território ultramarino francês, e levado para França para ser submetido a análises de especialistas em aviação.

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, tinha afirmado, dias depois de serem encontrados os destroços, que eles pertenciam ao voo da Malaysia Airlines, mas os investigadores preferiram na altura dizer apenas que havia uma "probabilidade muito elevada" de se tratar do avião desaparecido.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.