sicnot

Perfil

Web Summit

"Lisboa é um caso de sucesso inesperado"

Entrevista na íntegra

"Lisboa é um caso de sucesso inesperado"

Paddy Cosgrave, o homem que criou a Web Summit, revela à SIC quais são as expectativas e porque trouxe o evento para a capital portuguesa.

Cofundador da Web Summit, que ocorre no início de novembro em Lisboa, Paddy Cosgrave, diz que foi altura de trazer o evento para Portugal porque a capital portuguesa ainda é uma cidade por descobrir, mas também devido aos incentivos do Governo.

A Web Summit foi lançada oficialmente esta quarta-feira em Lisboa com Cosgrave, o primeiro-ministro, António Costa, o ministro da Economia, Caldeira Cabral, e o secretário de Estado da Indústria, Joao Vasconcelos.

Na mesma cerimónia, foram anunciadas as 66 empresas portuguesas que vão estar entre as 15 mil que vão participar na Web Summit Lisbon. Vão representar Portugal junto de grandes empresas como o Facebook, Google, Coca-Cola e outras gigantes mundiais.

O maior evento de tecnologia e empreendedorismo da europa realiza-se pela primeira vez fora da Irlanda e a organização escolheu Lisboa para as próximas três edições, até 2018. Estarão na capital portuguesa 7 mil CEO das principais companhias mundiais, 2 mil jornalistas e 15 mil empresas. No evento de 4 dias, haverá troca de informações, reuniões de negócios, muitas palestras sobre os temas que dominam a internet e as empresas em começo de vida.

  • Manchester canta "Don't Look Back in Anger" dos Oasis
    1:11

    Ataque em Manchester

    O Reino Unido cumpriu esta manhã, às 11:00, um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do ataque de segunda-feira em Manchester. Nesta cidade britânica, uma mulher começou a cantar a canção dos Oasis "Don't Look Back in Anger" e a multidão logo se juntou, num momento tocante.

  • Hoje é o dia internacional da criança desaparecida
    1:52

    País

    Assinala-se esta quinta-feira o dia internacional da criança desaparecida, numa altura em que foi conhecido um dado preocupante: há cada vez mais raptos parentais. O Instituto de Apoio à Criança recebe, por dia, 10 pedidos de ajuda.

  • Mexicana vence ultramaratona a correr de sandálias e de saia

    Desporto

    Uma mexicana venceu uma ultramaratona de 50 quilómetros a correr de saia e sandálias de borracha. María Lorena Ramírez, de 22 anos, não é atleta profissional, nem recebeu treino específico para a Ultra Trail Cerro Rojo, prova que venceu, mas pertence à tribo Tarahumara, com uma longa e invulgar tradição de excelentes corredores.

    SIC

  • Marcelo diz que a Europa precisa de paixão
    2:36