sicnot

Perfil

Mundo

Filme inédito mostra John F. Kennedy poucas horas antes de ser assassinado

Foram divulgadas imagens inéditas, de um vídeo amador, que mostram o Presidente norte-americano John F. Kennedy a poucas horas de ser assassinado. O vídeo mostra o Presidente e a mulher a serem recebidos pela população à chegada ao aeroporto de Dallas.

No dia 22 de Novembro de 1963, William Warren, na altura um rapaz de 15 anos, tinha sido dispensado da escola para ver o Presidente ao vivo. Decidiu levar a câmara de filmar. Não sabia que as imagens iriam ser históricas.



O vídeo agora divulgado mostra o Presidente Kennedy sorridente, a poucas horas de ser assassinado. Atrás, segue a primeira-dama, Jacqueline Kennedy, que leva um ramo de rosas, oferecido pelas autoridades locais.



Estas são as melhores imagens conseguidas por um vídeo amador e alguma vez divulgadas sobre o assassinato de John F. Kennedy. Foram tornadas públicas esta segunda-feira, feriado nos Estados Unidos por ser o dia dos presidentes do país.



  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.