Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
2:58

Costa faz ultimato aos estivadores

2
0:57

Greve em Lisboa obriga ao desvio de carga para Porto de Leixões

3
2:23

Representante dos colégios diz que recebeu apoio do PR, Belém desmente

4
1:54

População de Faíscas em choque com triplo homicídio

5
2:38

Autor do triplo homicídio tinha sido despedido e sofria de depressão

6
3:38

Primeiro-ministro culpa anterior governo por eventuais sanções da UE

7
1:51

Onze detidos em Faro por venda de droga

8
1:32

BdP obriga os principais bancos a reforçar capital

9
2:34

Barack Obama é o primeiro Presidente dos EUA a visitar Hiroshima

10
3:22

Portugueses aproveitam mini-férias no Nordeste Transmontano

11
1:37

Turistas ingleses em Portugal aumentam 30% em relação ao ano passado

12
0:33

Mais de 4 mil migrantes resgatados pela Guarda Costeira italiana

13
1:28

Jovem violada por mais de 30 homens no Rio de Janeiro

14
2:53

Crise na Venezuela faz crescer mercado negro

15
1:14

Mourinho assinou contrato com o Manchester por três épocas

16
1:21

Golden State Warriors vencem os OKC Thunder na NBA

16:15 18.10.2011

Mais de 1,8 milhões de órfãos em "situação difícil" em Moçambique, alerta UNICEF

Em Moçambique existem mais de 1,8 milhões de órfãos, dos quais 600 mil cujos pais foram vítimas de VIH/SIDA, estima o Fundo da ONU para a Infância (UNICEF), que considera "urgente" o apoio social aos menores.

O número de órfãos de Moçambique foi hoje avançado pela UNICEF durante a cerimónia de abertura do Seminário Nacional sobre Cuidados Alternativos, que decorre em Maputo durante os próximos 15 dias.

"A maior parte destas crianças vive em situação de vulnerabilidade. No país, 15 mil crianças vivem em 155 centros por tempo indeterminado. A maioria dos centros carece de condições mínimas de higiene e segurança", disse Jesper Morch, representante da UNICEF.

No seu discurso, a ministra da Mulher e Ação Social de Moçambique, Iolinda Cintura, afirmou que "nos últimos anos, vai aumentando, dia após dia, o número de crianças vivendo em situação difícil", devido a problemas de orfandade e pobreza.

"Para garantirmos assistência social às crianças, o Governo tem privilegiado o atendimento na família e na comunidade, deixando o atendimento institucional como última alternativa para as situações que não encontram acolhimento na família própria ou substituta", disse a ministra.

Nos últimos anos, o Ministério da Mulher e Ação Social (MMAS) moçambicano identificou mais de 31 mil crianças em situação de vulnerabilidade e encaminhou para famílias próprias ou substitutas cerca de 8.200.

"Ao nível de atendimento institucional, funcionam no nosso país 175 centros de acolhimento e infantários, albergando mais de 31.971 crianças em situação difícil", revelou Iolanda Cintura.

A ministra afirmou ainda que as crianças que estão em Centros de Acolhimento podem "ver o seu futuro comprometido".

"No Centro de Acolhimento, as crianças encontram um lar, um abrigo, mas não têm afeto, o carinho, e o convívio familiar, ambiente necessário e imprescindível para a sociabilização da criança", disse.

O Seminário Nacional Sobre Cuidados Alternativos tem como objetivo a uniformização de intervenções no âmbito da integração de crianças e é destinado a técnicos dos serviços sociais moçambicanos.

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
12:50
Fernando Santos com todos disponíveis para o teste com a Noruega
12:49
Empresa internacional realiza busca de caixas negras do avião da Egyptair
12:48
Cavaliers sseguram presença na final da NBA
12:48
GNR deteve 27 pessoas esta madrugada, a maioria sob efeito de álcool
12:48
Treze distritos sob Aviso Amarelo até às 18:00 devido à chuva
12:47
Argentina vence, mas lesão de Messi é preocupação para Copa América
12:47
Pavilhão de Espanha ganha leão de Ouro da XV Bienal de Arquitetura
12:46
SAD do Vitória de Guimarães quer aumentar capital para os 4,5 ME
10:42
Espanhóis ganham obras de 14MEuro na agricultura em Angola
10:41
Caracas com mais de 80% de escassez de produtos básicos
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .