Última Edição

0
0:05

Última Edição

1
0:34

Mota Soares diz que dados do desemprego representam confiança e esperança

2
1:04

PSD diz que Governo apresenta resultados enquanto outros fazem promessas

3
1:17

CDS diz que não reconhecer melhoria no emprego é "insultuoso"

4
1:03

PS critica Governo por ficar aquém do PIB proposto

5
0:44

Por encontrar avioneta caída no Tejo

6
0:38

Ministra presta condolências aos familiares das vítimas do tiroteio de Sesimbra

7
1:59

Autor do tiroteio em Leiria foi identificado e continua a monte

8
3:15

Professores de Bragança com anos de serviço perdem lugar para outros colegas

9
2:13

Mais de cem voluntários ajudam todos os dias no Banco Alimentar

10
1:37

Milhares regressam ao trabalho

11
1:51

Mais de 100 mil migrantes cruzaram fronteiras europeias no último mês

12
0:27

Miguel Veloso feliz com o regresso à seleção nacional

13
0:36

Bernardo Silva afirma estar pronto para titularidade na seleção nacional

14
2:07

Morreu Wes Craven, mestre do cinema de terror

10:34 19.08.2014

Cientistas estudam método para diagnosticar 13 tipos de cancro através de teste sanguíneo

Reuters

Investigadores japoneses começaram a desenvolver  um método para diagnosticar 13 dos tipos de cancro mais comuns através de  uma análise ao sangue que, segundo os cientistas, seria "o primeiro sistema  de deteção de alta precisão do mundo". 

O grupo de investigadores, formado pelo Centro Nacional de Cancro (CNC)  do Japão, pelo Centro de Desenvolvimento de Novas Tecnologias e Indústrias  (NEDO), universidades e sete empresas, aspira ter disponível o novo sistema  num prazo de cinco anos, de acordo com informações divulgadas hoje por estas  instituições num comunicado conjunto citado pela agência Efe. 

O projeto conta com um orçamento de 7.900 milhões de ienes (57 milhões  de euros), financiados pelo NEDO, um organismo científico independente.

O seu objetivo passa por diagnosticar designadamente os cancros do estomago,  esófago, pulmão, fígado, vesícula biliar, pâncreas, cólon, ovários, próstata,  bexiga e mama. 

Este seria "o primeiro sistema de diagnóstico de alta precisão do mundo"  para o cancro, afirma na mesma nota o presidente do CNC, Tomomitsu Hotta,  assinalando que o método permitiria aumentar a esperança de vida dos pacientes.

Simultaneamente, o NEDO trabalhará no desenvolvimento de um sistema  idêntico para o Alzheimer, segundo o consórcio de investigadores. 

 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
17:43
Rolando transfere-se do FC Porto para o Marselha
17:42
Incêndio em prisão venezuelana provoca 16 mortos e 17 feridos
17:37
Villarreal oficializa portista Adrián López por empréstimo
17:33
Parpública diminui prejuízos no 1º semestre para 45,8 M€
17:32
Rui Sinel de Cordes a 16 de outubro no Coliseu dos Recreios
17:28
SALVADOR MARTINHA-NA PONTA DA LÍNGUA, 12 de setembro no CCB
17:22
Bruno Alves limitado no primeiro treino da seleção
17:20
CM Famalicão alivia 15/20% do IMI a 12 mil famílias a partir de 2016
17:19
Prémio Fuso para vídeo de José Simões sobre hábitos portugueses
17:04
Setembro começa com música clássica nos Aliados, no Porto
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .