Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
0:41

Costa confiante no Orçamento não acredita que sejam precisas medidas adicionais

2
0:30

Dijsselbloem diz que Portugal deve estar preparado para tomar medidas adicionais

3
2:16

Governo admite voltar a aumentar impostos sobre combustíveis

4
2:10

O que vai mudar no acesso à reforma antecipada no privado

5
0:53

Maior controlo nas baixas médicas

6
2:04

OE2016 "é um amargo de boca" para a Fenprof

7
1:17

Portugal é o 7º pior pais para se viver, diz OCDE

8
3:29

Desabamento de prédio em Alfama não causou feridos

9
1:57

Norte de Espanha continua em alerta devido ao estado do mar

10
1:57

Artistas de marionetas acusados de incitarem ao terrorismo

11
1:13

Johnny Depp interpreta Donald Trump

12
2:07

O que diz a imprensa sobre Mourinho no Manchester Utd

13
1:38

Antigas glórias do Benfica 93/94 lançam camisola renovada

14
1:38

Escola da Mangueira vence carnaval brasileiro

10:34 19.08.2014

Cientistas estudam método para diagnosticar 13 tipos de cancro através de teste sanguíneo

Reuters

Investigadores japoneses começaram a desenvolver  um método para diagnosticar 13 dos tipos de cancro mais comuns através de  uma análise ao sangue que, segundo os cientistas, seria "o primeiro sistema  de deteção de alta precisão do mundo". 

O grupo de investigadores, formado pelo Centro Nacional de Cancro (CNC)  do Japão, pelo Centro de Desenvolvimento de Novas Tecnologias e Indústrias  (NEDO), universidades e sete empresas, aspira ter disponível o novo sistema  num prazo de cinco anos, de acordo com informações divulgadas hoje por estas  instituições num comunicado conjunto citado pela agência Efe. 

O projeto conta com um orçamento de 7.900 milhões de ienes (57 milhões  de euros), financiados pelo NEDO, um organismo científico independente.

O seu objetivo passa por diagnosticar designadamente os cancros do estomago,  esófago, pulmão, fígado, vesícula biliar, pâncreas, cólon, ovários, próstata,  bexiga e mama. 

Este seria "o primeiro sistema de diagnóstico de alta precisão do mundo"  para o cancro, afirma na mesma nota o presidente do CNC, Tomomitsu Hotta,  assinalando que o método permitiria aumentar a esperança de vida dos pacientes.

Simultaneamente, o NEDO trabalhará no desenvolvimento de um sistema  idêntico para o Alzheimer, segundo o consórcio de investigadores. 

 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Comentários

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

Mundo

Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
14:50
Lagarde deverá ser reconduzida para 2º mandato à frente do FMI
14:49
Costa acredita que avaliação do Eurogrupo vai acalmar mercados
14:49
juros da dívida portuguesa estavam hoje a subir em todos os prazos
14:48
PM confiante no OE não acredita que sejam precisas medidas adicionais
14:48
Motim em prisão mexicana faz mais de 50 mortos
14:16
Benfica-FC Porto de amanhã "perto da lotação esgotada"
14:14
Proteção Civil alerta para cheias e inundações rápidas a partir de amanhã
14:11
Mais de 30 dias de baixa médica serão controladas por junta médica
14:10
Portugal deve estar preparado para medidas adicionais, diz Dijsselbloem
14:10
Desabamento de prédio em Alfama não causou feridos
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .