sicnot

Perfil

Mundo

Ban Ki-moon está "chocado" com "assassínio brutal" de opositor russo Nemtsov

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que estava "chocado" com o "assassínio brutal" do opositor russo Boris Nemtsov e que espera que os responsáveis sejam rapidamente levados à justiça.

© Mariana Bazo / Reuters

Num breve comunicado emitido no sábado, Ban Ki-moon lamentou a morte de Boris Nemtsov e expressou as suas condolências à família, amigos e simpatizantes do político russo. 


Boris Nemtsov, de 55 anos, copresidente do Partido Republicano da Rússia, foi alvejado na noite de sexta-feira quando passeava perto do Kremlin.


Entre os vários cargos políticos ocupados por Nemtsov estão o de governador da região de Nizhny Novgorod, no centro da Federação Russa, deputado e vice-primeiro-ministro no final dos anos 1990, sob a presidência de Boris Yeltsin.


Depois de sair do parlamento, em 2003, ajudou a criar e liderou vários partidos e grupos da oposição. 


Lusa

  • Ouvidas duas explosões junto ao estádio do Besiktas em Istambul

    Mundo

    Duas explosões foram ouvidas este sábado no lado europeu da cidade turca de Istambul, junto ao estádio de futebol do Besiktas, segundo agências de notícias internacionais. Até ao momento, sabe-se que pelo menos 20 pessoas ficaram feridas. A agência Reuters relata fumo a sair do recinto recentemente construído e fala ainda numa troca de tiros audível.

    Em desenvolvimento

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19