sicnot

Perfil

Mundo

Polícia espanhola detém 7 pessoas com suposta ligação à imigração ilegal

A Polícia Nacional prendeu hoje em Melilla sete pessoas, entre 20 e 35 anos, pela sua alegada participação em atividades relacionadas com o favorecimento da imigração ilegal.

(Reuters/Arquivo)

Estas atividades estavam vinculadas tanto à entrada de subsaarianos em veículos em Melilla, como a viagens à península marroquina utilizando documentação de outra pessoa.

Segundo informou hoje a polícia, as investigações iniciaram-se a partir da localização de um veículo abandonado, aberto e com as chaves na ignição e do qual foram resgatados três jovens malianos de 27, 23 e 20 anos que, teriam acabado de chegar a Melilla procedentes de Marrocos.

As investigações permitiram identificar a condutora, uma mulher de nacionalidade espanhola, de 35 anos, que foi detida pela sua alegada participação neste caso, considerado um crime de favorecimento de imigração ilegal.

A partir deste momento, a unidade contra as redes de imigração ilegal e falsificação (UCRIF) pode relacionar este caso com as detenções no porto de dois jovens marroquinos, de 20 e 23 anos, como alegados autores de delitos de falsificação de documentos, ao tentar embarcar com um documento de identidade que havia sido dado como extraviado.

O titular deste documento, um cidadão espanhol de 32 anos, tem em seu nome um total de 24 veículos, facto que chamou a atenção dos investigadores, que continuam a investigar se algum destes automóveis foi utilizado em outras operações de imigração ilegal.

Este homem, além disso, já reportou a perda do seu documento de identificação em sete ocasiões.



Lusa
  • Mais de 30 ilegais intercetados pelas autoridades ao tentarem entrar em Melilla, Espanha

    Mundo

    Perto de 35 africanos foram intercetados pela polícia quando passaram, esta quinta-feira, a fronteira que separa Marrocos da cidade espanhola de Melilla. À volta de cem pessoas tentaram subir a cerca que separa o território africano do enclave espanhol. As 35 pessoas que conseguiram fazer a travessia foram imediatamente levadas para o centro de acolhimento de imigrantes. Quinze pessoas terão ficado sentadas no muro por mais de cinco horas. Este novo assalto veio na sequência daquela que foi a maior entrada de ilegais no enclave espanhol este ano, a 10 de fevereiro. Em 2014, registaram-se 65 assaltos em Melilla. Nesse ano, mais de 16 mil pessoas tentaram entrar em território espanhol.

  • Imigrantes fintam autoridades e entram em Melilla
    1:16

    Mundo

    Cerca de 600 imigrantes tentaram passar a cerca que separa Marrocos de Melilla, mas só 35 escaparam às autoridades. Apesar da tentativa de invasão em massa ter falhado, as autoridades dizem que esta foi a maior entrada de ilegais em Melilla este ano. O incidente aconteceu numa zona conhecida como bairro chinês, onde há várias casas próximas da cerca que servem de esconderijo aos ilegais.

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.