sicnot

Perfil

Mundo

Avião Solar aterrou em Omã e completou primeira etapa da sua digressão mundial

O avião Solar Impulse 2 (SI2) aterrou hoje sem incidentes no sultanato de Omã, completando a primeira etapa de uma tentativa de dar a volta ao mundo sem utilizar combustível.  

© Ahmed Jadallah / Reuters

O avião experimental, com quatro motores a hélice movidos a energia elétrica produzida por painéis solares instalados nas asas, partiu às 07:12 (03:12 em Lisboa) de Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e chegou às 20:14 (16:14 em Lisboa) a Muscate, capital de Omã.  

O suíço André Borschberg esteve aos comandos da aeronave nesta primeira etapa, um voo de cerca de 13 horas para uma distância de cerca 400 quilómetros, cabendo ao seu compatriota Bertrand Piccard pilotar o avião na segunda etapa, prevista para terça-feira entre Muscate e Ahmedabad, na Índia.  

O SI é alimentado por mais de 17.000 células solares que revestem as suas asas de 72 metros, mais compridas que as de um Boeing 747 e quase tão compridas como as do gigante Airbus A380 mas, por ser concebido em fibra de carbono, pesa apenas 2,5 toneladas, menos de 1% do peso de um A380. 

A volta ao mundo do avião experimental, com 12 etapas programadas - incluindo uma etapa de cinco dias e cinco noites consecutivas de voo para atravessar o oceano Pacífico, da China até ao Hawai - é o culminar de 12 anos de investigação realizada por André Borschberg e Bertrand Piccard que, além da exploração científica, procuram transmitir uma mensagem política.  

"Queremos partilhar a nossa visão de um futuro mais limpo", disse Piccard antes da partida do avião, sublinhando que esta missão visa contribuir para a luta contra o aquecimento global através da promoção de "novas tecnologias verdes".


Lusa
  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.