sicnot

Perfil

Mundo

Jovem que chamou "ditador" ao Presidente turco condenado a 14 meses de prisão

Um estudante que chamou "ditador" ao atual Presidente turco Recep Tayyip Erdogan, quando este assumia o cargo de primeiro-ministro da Turquia, foi condenado esta semana a 14 meses de prisão, divulgou hoje a imprensa local.

© Edgard Garrido / Reuters

Aykutalp Avsar, um estudante de Engenharia de 23 anos, foi detido na quinta-feira pela polícia turca e enviado para a prisão para cumprir a sentença, confirmada no dia anterior pelo Supremo Tribunal turco, segundo avançou o diário Hurriyet.

O jovem, membro de uma organização juvenil de esquerda, participou em junho de 2013 em protestos em Gezi contra o Partido Justiça e Desenvolvimento (AKP, islâmico conservador) e o então primeiro-ministro Erdogan.

Aykutalp Avsar foi condenado por "incitação ao ódio contra altos responsáveis" por ter proferido frases de ordem como "Abaixo a ditadura do AKP" e "O ditador Tayyip deve prestar contas".

O caso de Aykutalp Avsar é um dos muitos processos judiciais que foram instaurados contra cidadãos que criticaram Erdogan e o respetivo Governo.

Em fevereiro passado, um tribunal de menores da cidade de Antalya aplicou a mesma sentença a um estudante de bacharelato de 17 anos, cuja participação em protestos foi considerada como uma ação de "incitação ao ódio". Por ser menor, a pena seria reduzida para sete meses de prisão e posteriormente foi suspensa.

Um dos casos mais mediáticos esteve relacionado com a designer Merve Buyuksaraç. A antiga Miss Turquia (2006) partilhou nas redes sociais um poema satírico sobre um político que era retratado como um ladrão.

O nome do político não era mencionado no texto, mas existiam referências a vários casos de corrupção atribuídos a Erdogan.

Lusa
  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.