sicnot

Perfil

Mundo

Ciclone tropical devastador atinge Vanuatu

Um devastador ciclone tropical atingiu Vanuatu, ilha do Pacífico Sul, deixando um rasto de "destruição inacreditável", temendo-se que haja dezenas de vítimas mortais, segundo relatos de organizações não-governamentais.

© Ho New / Reuters

Trabalhadores da Cruz Vermelha da Austrália deram conta, através da rede social Twitter, da "inacreditável destruição" em Vanuatu, indicando que "as necessidades humanitárias são enormes", dado que "muitas pessoas perderam as suas casas". 

O ciclone tropical Pam atingiu na categoria máxima (5) o Vanuatu, provocando "apagões" massivos, estando as comunicações cortadas em quase toda a região, pelo que, segundo os serviços de emergência, serão precisas várias horas até que se possa ter uma ideia clara da situação no arquipélago.

"Abrigos, comida e água [são] prioridades urgentes", acrescentaram os mesmos funcionários da Cruz Vermelha australiana no Twitter citados pela CNN.

O gabinete de coordenação para os assuntos humanitários da ONU revelou hoje estar a tentar confirmar as informações de que o ciclone tropical fez 44 mortos.

O ciclone tropical Pan atravessou a principal ilha de Vanuatu, com mais de 65 mil habitantes, transportando ventos de mais de 250 quilómetros por hora e obrigando os moradores a passarem a noite em abrigos provisórios, disse a responsável pela região do Pacífico da Cruz Vermelha, Aurelia Balpe, à agência AFP.

O Departamento de Meteorologia da Austrália, que tem estado a monitorizar o ciclone tropical, informou que a maior parte das zonas do Vanuatu foram afetadas.

Aparentemente, o fenómeno mudou a sua trajetória à última hora, golpeando a capital, Port Vila, de forma mais violenta do que o esperado.

Um funcionário da Proteção Civil escreveu mesmo no Facebook que "qualquer pessoa que não esteja neste momento num abrigo corre perigo de vida".


Lusa

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.