sicnot

Perfil

Mundo

John Kerry espera acordo com Irão "nos próximo dias"

 O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, afirmou, este sábado, que espera que se possa alcançar um acordo com o Irão sobre o seu programa nuclear "nos próximos dias".

© Brian Snyder / Reuters

John Kerry desloca-se à Suíça na segunda-feira para uma nova ronda de negociações com o Irão, num contexto de dupla pressão: o prazo de 31 março para a finalização de um acordo político e a oposição a este acordo em ambos os países.

As negociações sobre o programa nuclear iraniano "estão a progredir", mas ainda restam "divergências importantes" a superar, disse o secretário de Estado norte-americano aos jornalistas, à margem de uma conferência económica internacional em Sharm el Sheik, no Egito.

O objetivo "não é chegar a qualquer acordo, mas a um bom acordo. Nós fizemos progressos, mas há divergências, há divergências importantes que permanecem", realçou.

John Kerry e Mohammad Javad Zarif, o chefe da diplomacia iraniana, vão dar continuidade às negociações, que podem durar até sexta-feira, a véspera do ano novo no Irão.

Depois de uma década de crise, 18 meses de intensos debates e duas datas de finalização não respeitadas, o Irão e as grandes potências do grupo 5+1 (Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia, China e mais a Alemanha), que negoceiam sob a tutela da diplomacia da União Europeia, fixaram para 31 de março a data para um acordo político entre as partes.


Lusa
  • Encontrado corpo de mariscador desaparecido no Barreiro

    País

    O corpo do homem com cerca de 50 anos apareceu esta manhã junto ao Clube Naval do Barreiro, na mesma zona onde tinha desaparecido na noite deste sábado. A informação já foi confirmada à SIC pela Polícia Marítima, que adiantou que o corpo já foi levado para a morgue. O alerta foi dado por volta das 22:30 de ontem pelos companheiros de nacionalidade chinesa que estavam com a vítima na apanha de bivalves na margem sul do Tejo.

  • IPSS despejada nos Açores
    2:25

    País

    A IPSS Aurora Social, de Ponta Delgada, nos Açores, foi notificada pelo tribunal a abandonar a cozinha onde, há mais de 20 anos, fornece comida a quem mais precisa. A decisão judicial partiu de uma queixa dos moradores e põe em causa os postos de trabalho de 13 funcionárias, a maioria com deficiência. Há dois anos que a secretaria regional de solidariedade social dos Açores tenta encontrar uma alternativa à cozinha, que tem licença da câmara.

  • Pais revoltados com transporte de crianças do Mogadouro
    4:14

    País

    Os pais dos alunos de algumas aldeias de Mogadouro estão preocupados com a falta de segurança do transporte dos filhos para a escola, na sede de concelho.Os pais contestam o autocarro degradado, que avaria com frequência, e a falta de cintos de segurança em percursos rurais com dezenas de quilómetros.

  • Quer conhecer os cães mais feios do mundo?
    1:15
  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.