sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos seis mortos e 50 feridos no duplo atentado no Paquistão

Pelo menos seis pessoas morreram e outras 50 ficaram feridas hoje num duplo atentado, reivindicado pelos talibãs, num bairro cristão em Lahore, a segunda cidade do Paquistão, anunciaram as autoridades. 

© Mohsin Raza / Reuters

© Mohsin Raza / Reuters

As explosões foram ouvidas no fim da manhã quando muitos cristãos assistiam a tradicional missa de domingo no bairro de Youhanabad, em Lahore, a capital da província do Pendjab no leste do país, segundo testemunhas.

"Temos pelo menos seis mortos e cinquenta feridos. Parece tratar-se de um atentado suicida", declarou à agência de notícias AFP Nabeela Ghanzanfar, porta-voz da polícia provincial.

Num e-mail enviado à AFP, um porta-voz do Movimento Talibã do Paquistão (Tehreek-e-Taliban Pakistan/TTP), Ehsanullah Ehsan, reivindicou os "atentados suicidas" contra uma igreja em Lahore.

Os talibãs paquistaneses multiplicaram-se desde 2007, quando Atacama as forças de segurança do país, que acusam de apoiar a guerra norte-americana "contra o terror", e as minorias religiosas do Paquistão.

Em setembro de 2013, uma fação talibã também reivindicou um atentado similar à saída de uma igreja, depois de uma missa de domingo, em Peshawar (nordeste do país).

Aquele ataque, o mais mortal da história do Paquistão contra a minoria cristã, que representa 2% da população do país, que fez mais de 80 mortos.

Também hoje, duas pessoas morreram e 12 outras ficaram feridas na sequência da explosão de uma bomba num mercado lotado na maior cidade do Paquistão, Carachi, informou hoje a polícia paquistanesa.


LUSA
  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.