sicnot

Perfil

Mundo

Mãe de acolhimento usa Facebook para encontrar rapaz que criou há 30 anos

Uma mãe de acolhimento reencontrou um homem que tinha tentado adotar há 30 anos, em Espanha, com a ajuda do Facebook. O apelo foi partilhado por cerca de 70 mil pessoas.

O momento do reencontro

O momento do reencontro

Uly Martin/Facebook

Yeny Zaera acolheu a criança durante quatro anos, mas as autoridades espanholas não autorizaram a adoção porque a mulher era solteira, demasiado jovem e não tinha emprego fixo. O menor acabou por ser adotado por outra família e os dois perderam o contacto.

Trinta anos depois, a mulher partilhou uma fotografia no Facebook e pediu ajuda aos utilizadores para encontrar o rapaz. 

Cerca de 70 mil pessoas partilharam o apelo e, ao fim de três dias,  Francisco Martín foi localizado.

  • PS e BE não propõem alívio da dívida à UE
    1:55

    Economia

    O PS e o Bloco de Esquerda querem mais 45 anos para pagar as dívidas à União europeia e juros mais baixos. As medidas fazem parte da proposta dos partidos para a redução da dívida pública. No relatório que será enviado ao Governo, não é pedido qualquer perdão de dívida, ao contrário do que os partidos mais à esquerda chegaram a defender.

  • Antigos ministros de Governos de Sócrates ouvidos pelo MP
    1:54

    Operação Marquês

    Quatro antigos ministros de Governos de José Sócrates foram ouvidos recentemente pelo Ministério Público (MP), no âmbito da Operação Marquês. Mário Lino, António Mendonça, Teixeira dos Santos e Luís Campos e Cunha foram ouvidos como testemunhas. Os investigadores chamaram os antigos governantes para esclarecer decisões relacionadas com a PT.

    Notícia SIC

  • Suspeito de atropelamento mortal diz que foi mero acidente 
    2:00
  • Confrontos na primeira greve geral no Brasil em 21 anos
    1:34
  • "Está na altura de pressionarmos a Coreia do Norte"
    0:45

    Mundo

    O secretário de estado norte-americano, Rex Tillerson, afirmou esta sexta-feira na ONU que a ameaça da Coreia do Norte é real e pediu que o conselho de segurança da ONU tome medidas antes que seja o regime de pyongyang a fazê-lo.

  • Menina que nasceu com três pernas já corre após a cirurgia

    Mundo

    Uma criança do Bangladesh que cresceu com três pernas vai regressar a casa, depois de uma viagem até à Austrália, onde foi operada para retirar o membro a mais. Como resultado de um gémeo que não se formou por completo, a criança de três anos nasceu com uma terceira perna na pélvis. Alguns meses após a cirurgia, feita em novembro, a menina já corre.