sicnot

Perfil

Mundo

Apple em negociações para oferecer televisão na Internet

O gigante tecnológico Apple está em conversações com várias cadeias de televisão dos Estados Unidos para oferecer um serviço de televisão através da Internet com 25 canais, em setembro, noticiou hoje o The Wall Street Journal.

© China Stringer Network / Reut

Segundo o diário, o serviço irá incluir programação de cadeias de televisão como a ABC, a CBS e a Fox e estará disponível em dispositivos como a Apple TV.

As conversações não incluem, de momento, a NBC Universal, proprietário da cadeia televisiva NBC e canais de cabo como USA e Bravo, devido a desacordos entre a Apple e Comcast Corp.

A Apple e a Comcast estiveram em conversações no ano passado sobre a possibilidade de lançar um serviço de televisão através da Internet, mas não chegaram a acordo.

As negociações da fabricante do iPhone incluem a CBS e a 21st Century Fox, entre outras empresas, prevendo a oferta de um pacote com um custo mensal entre 30 a 40 dólares.

Esta oferta deverá ser anunciada em junho, mas só será lançada em setembro.

Lusa
  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.