sicnot

Perfil

Mundo

Fossa com uma centena de corpos descoberta na África do Sul

 Uma centena de corpos foi descoberta numa fossa situada numa exploração de cana-de-açúcar perto de Durban, na África do Sul, informaram as autoridades locais.

Arquivo Reuters

Os corpos, cuja data de inumação não foi ainda determinada, poderão pertencer a prisioneiros que trabalhavam naquelas terras, segundo o governo provincial, que está a proceder a análises para tentar obter elementos sobre a identidade dos mortos.

As autoridades municipais e provinciais visitaram a quinta na semana passada, alertadas por um "sangoma", guerreiro tradicional que disse ter sido conduzido até ao local "pelos espíritos", adiantou à agência francesa AFP Msizi Zulu, da autarquia de Vulamehlo, comuna onde se situa a exploração de cana-de-açúcar.

"Não sabemos exatamente se eles foram enterrados em caixões ou apenas lançados para a fossa", disse.

As terras agrícolas em questão são atualmente exploradas pela empresa Illovo, que as comprou em 1989, cinco anos antes da queda do regime segregacionista do apartheid, e que já disse não ter tido conhecimento prévio da fossa.

"Jamais empregámos, nem empregamos atualmente, prisioneiros em qualquer das nossas empresas", assegurou a empresa, em comunicado, acrescentando ter sido informada que um edifício em ruínas, coberto por vegetação, situado numa zona não explorada da quinta, era efetivamente uma antiga prisão.

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.