sicnot

Perfil

Mundo

Vítima dos atentados do 11 de setembro identificada após 14 anos

Uma vítima norte-americana dos atentados do 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque foi formalmente identificada pelas autoridades, quase 14 anos depois dos ataques, foi hoje divulgado.

© Reuters Photographer / Reuter

O serviço médico legista de Nova Iorque divulgou hoje que a vítima é um homem de 26 anos oriundo do Estado vizinho de New Jersey (leste dos Estados Unidos), identificado como Matthew David Yarnell.

A vítima foi identificada através de novos testes de ADN realizados aos restos mortais que foram descobertos durante as primeiras operações de recuperação de vestígios junto ao local do World Trade Center (WTC), um dos alvos dos atentados de 2001.

Apenas 60% das 2.753 pessoas desaparecidas nos atentados foram até hoje formalmente identificadas, através de testes a 21.906 restos humanos que foram encontrados no local onde estavam anteriormente as torres do WTC, que acabaram por colapsar. Mais de 7.703 destes restos humanos não podem ser identificados.

Devido a uma promessa que foi feita às famílias das vítimas, as autoridades continuam a realizar testes. Os progressos científicos permitiram nos últimos anos realizar uma série de novas identificações.

A 11 de setembro de 2001, dezanove elementos da rede terrorista Al-Qaida perpetraram ataques coordenados, incluindo o sequestro de dois aviões de passageiros que embateram contra as torres do WTC. 

Um terceiro avião embateu contra o Pentágono, sede do Departamento de Defesa norte-americano, em Washington, enquanto um quarto aparelho caiu num campo na Pensilvânia (este), quando os passageiros tentaram impedir os terroristas de o controlar.







Lusa
  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.