sicnot

Perfil

Mundo

Vítima dos atentados do 11 de setembro identificada após 14 anos

Uma vítima norte-americana dos atentados do 11 de setembro de 2001 em Nova Iorque foi formalmente identificada pelas autoridades, quase 14 anos depois dos ataques, foi hoje divulgado.

© Reuters Photographer / Reuter

O serviço médico legista de Nova Iorque divulgou hoje que a vítima é um homem de 26 anos oriundo do Estado vizinho de New Jersey (leste dos Estados Unidos), identificado como Matthew David Yarnell.

A vítima foi identificada através de novos testes de ADN realizados aos restos mortais que foram descobertos durante as primeiras operações de recuperação de vestígios junto ao local do World Trade Center (WTC), um dos alvos dos atentados de 2001.

Apenas 60% das 2.753 pessoas desaparecidas nos atentados foram até hoje formalmente identificadas, através de testes a 21.906 restos humanos que foram encontrados no local onde estavam anteriormente as torres do WTC, que acabaram por colapsar. Mais de 7.703 destes restos humanos não podem ser identificados.

Devido a uma promessa que foi feita às famílias das vítimas, as autoridades continuam a realizar testes. Os progressos científicos permitiram nos últimos anos realizar uma série de novas identificações.

A 11 de setembro de 2001, dezanove elementos da rede terrorista Al-Qaida perpetraram ataques coordenados, incluindo o sequestro de dois aviões de passageiros que embateram contra as torres do WTC. 

Um terceiro avião embateu contra o Pentágono, sede do Departamento de Defesa norte-americano, em Washington, enquanto um quarto aparelho caiu num campo na Pensilvânia (este), quando os passageiros tentaram impedir os terroristas de o controlar.







Lusa
  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.