sicnot

Perfil

Mundo

EUA suspendem retirada do Afeganistão e mantêm quase dez mil soldados até final do ano

Os Estados Unidos vão suspender a retirada de tropas do Afeganistão e manter os atuais 9.800 soldados até ao fim do ano, mas a missão será concluída em 2016 como previsto, anunciou hoje o Presidente Barack Obama.

Reuters

Numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo afegão, Ashraf Ghani, na Casa Branca, Obama disse que Cabul pediu a Washington mais flexibilidade na retirada dos soldados.

"Tendo em conta o pedido do Presidente Ghani para flexibilizar o calendário da retirada norte-americana, os Estados Unidos vão manter a presença dos seus atuais 9.800 homens até ao final de 2015", indicaram os dois governos num comunicado conjunto.

"A trajetória específica para a retirada das tropas norte-americanas em 2016 será estabelecida no final de 2015, a fim de permitir a transição para uma embaixada baseada em Cabul no final de 2016", adiantam no mesmo documento.

Obama reconheceu que o Afeganistão continua a ser "um lugar perigoso", mas insistiu que a decisão de manter um elevado número de tropas naquele território durante mais tempo, não significa uma mudança na política de acabar, em breve, com o envolvimento norte-americano na linha da frente.

"É importante recordar que o prazo para a retirada das tropas em troca de uma presença centrada numa embaixada, a normalização da nossa presença no Afeganistão continua a ser o fim de 2016", salientou.

"Isso não mudou, a nossa transição para um papel não-combatente não mudou", acrescentou.

Lusa
  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • "Juntos por Todos" hoje no palco em Lisboa
  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.