sicnot

Perfil

Mundo

EUA suspendem retirada do Afeganistão e mantêm quase dez mil soldados até final do ano

Os Estados Unidos vão suspender a retirada de tropas do Afeganistão e manter os atuais 9.800 soldados até ao fim do ano, mas a missão será concluída em 2016 como previsto, anunciou hoje o Presidente Barack Obama.

Reuters

Numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo afegão, Ashraf Ghani, na Casa Branca, Obama disse que Cabul pediu a Washington mais flexibilidade na retirada dos soldados.

"Tendo em conta o pedido do Presidente Ghani para flexibilizar o calendário da retirada norte-americana, os Estados Unidos vão manter a presença dos seus atuais 9.800 homens até ao final de 2015", indicaram os dois governos num comunicado conjunto.

"A trajetória específica para a retirada das tropas norte-americanas em 2016 será estabelecida no final de 2015, a fim de permitir a transição para uma embaixada baseada em Cabul no final de 2016", adiantam no mesmo documento.

Obama reconheceu que o Afeganistão continua a ser "um lugar perigoso", mas insistiu que a decisão de manter um elevado número de tropas naquele território durante mais tempo, não significa uma mudança na política de acabar, em breve, com o envolvimento norte-americano na linha da frente.

"É importante recordar que o prazo para a retirada das tropas em troca de uma presença centrada numa embaixada, a normalização da nossa presença no Afeganistão continua a ser o fim de 2016", salientou.

"Isso não mudou, a nossa transição para um papel não-combatente não mudou", acrescentou.

Lusa
  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".