sicnot

Perfil

Mundo

O momento do colapso de edifício em Nova Iorque

O momento do colapso de edifício em Nova Iorque

Subiu para 19 o número de pessoas feridas num bairro de Manhattan, em Nova Iorque. Quatro continuam em estado crítico. As investigações preliminares indicam que uma explosão de gás estará na origem do incêndio. O edifício do lado acabou por ruir, durante a operação de combate às chamas. Uma hora antes do incêndio, os técnicos de uma empresa de energia estiveram no prédio a fazer a inspeção às inatalações de gás.

  • Pelo menos 12 feridos no colapso de um prédio nos Estados Unidos
    0:46

    Mundo

    Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas no colapso de um prédio no bairro de East Village, em Manhattan, Estados Unidos. As imagens de um videoamador mostram o fogo a consumir o prédio. O edifício, de cinco andares, desabou após o incêndio ter deflagrado no rés-do-chão. As chamas foram, entretanto, extintas pelos bombeiros. Até ao momento, há registo de 12 feridos, pelo menos três em estado crítico, disse um porta-voz da polícia de Nova Iorque. Na origem do incêndio pode estar uma fuga de gás.<

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Football Leaks

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Football Leaks

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.