sicnot

Perfil

Mundo

O momento do colapso de edifício em Nova Iorque

O momento do colapso de edifício em Nova Iorque

Subiu para 19 o número de pessoas feridas num bairro de Manhattan, em Nova Iorque. Quatro continuam em estado crítico. As investigações preliminares indicam que uma explosão de gás estará na origem do incêndio. O edifício do lado acabou por ruir, durante a operação de combate às chamas. Uma hora antes do incêndio, os técnicos de uma empresa de energia estiveram no prédio a fazer a inspeção às inatalações de gás.

  • Pelo menos 12 feridos no colapso de um prédio nos Estados Unidos
    0:46

    Mundo

    Pelo menos 12 pessoas ficaram feridas no colapso de um prédio no bairro de East Village, em Manhattan, Estados Unidos. As imagens de um videoamador mostram o fogo a consumir o prédio. O edifício, de cinco andares, desabou após o incêndio ter deflagrado no rés-do-chão. As chamas foram, entretanto, extintas pelos bombeiros. Até ao momento, há registo de 12 feridos, pelo menos três em estado crítico, disse um porta-voz da polícia de Nova Iorque. Na origem do incêndio pode estar uma fuga de gás.<

  • Enfermeiros especialistas em saúde materna retomam protesto 

    País

    Os enfermeiros especialistas em saúde materna e obstetrícia voltam quinta-feira de manhã a interromper as funções especializadas, o que pode afetar blocos de parto e maternidades. Queixam-se de "falta de resposta política adequada" e "ausência de acordos sérios".

  • Reis de Espanha enviam mensagem para funeral das vítimas portuguesas
    0:52
  • Cristas vaiada em bairro de Chelas
    1:44

    Autárquicas 2017

    Assunção Cristas promete mudanças na Gebalis, a empresa municipal que gere os bairros sociais em Lisboa. Esta manhã, a candidata do CDS à câmara visitou um bairro de Chelas, onde foi vaiada por alguns populares.

  • Prestação da casa aumenta pela primeira vez desde 2014
    1:17

    Economia

    Pela primeira vez em três anos, as taxas de juro do crédito à habitação, estão a subir. A subida é de apenas 1 euro, mas é a primeira desde 2014, depois de em maio deste ano ter estabilizado e em junho ter descido. A justificação para este aumento é a evolução das taxas euribor.

  • "Em vez de ajudarem, estavam a tirar fotos dela a morrer"
    1:13