sicnot

Perfil

Mundo

Tropas da Somália controlam hotel onde extremistas mataram 14 pessoas

As tropas somalis controlaram este sábado o hotel de Mogadíscio, ocupado por extremistas, onde 14 pessoas morreram e 28 ficaram feridas. Entre as vítimas mortais está o embaixador suiço na Somália, Yusuf Bari-Bari.  

O ataque foi já reivinidcado pelo Al-Shabab. O grupo extremista, ligado à Al- Qaeda, responsável por vários ataques, controlou a capital do país entre 2007 e 2011. (Arquivo)

O ataque foi já reivinidcado pelo Al-Shabab. O grupo extremista, ligado à Al- Qaeda, responsável por vários ataques, controlou a capital do país entre 2007 e 2011. (Arquivo)

© Feisal Omar / Reuters

Na sexta-feira, um homem armado tinha entrado no hotel ocupando o 3º e 4º pisos do edifício, durante 12 horas. Antes, um outro tinha detonado um carro junto à porta do hotel.

O ataque foi já reivinidcado pelo Al-Shabab. O grupo extremista, ligado à Al- Qaeda, responsável por vários ataques, controlou a capital do país entre 2007 e 2011. 
  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.