sicnot

Perfil

Mundo

Aterragem conturbada causa 23 feridos num voo da Air Canada

Um avião da Air Canada sofreu esta madrugada uma aterragem conturbada no Aeroporto Internacional de Halifax, no Canadá, num dia de tempestade de neve, causando 23 feridos entre os ocupantes do voo, informou este domingo a companhia aérea.

A aeronave, que fazia uma ligação doméstica que saiu de Toronto, transportava 133 passageiros e cinco tripulantes de bordo.

A aeronave, que fazia uma ligação doméstica que saiu de Toronto, transportava 133 passageiros e cinco tripulantes de bordo.

© Handout . / Reuters

A aeronave, que fazia uma ligação doméstica que saiu de Toronto, transportava 133 passageiros e cinco tripulantes de bordo, explicou a Air Canada em comunicado.

O avião, um Airbus A320, saiu da pista no momento da aterragem, quando caía um forte nevão e havia pouca visibilidade, de acordo com a imprensa local.

"Todos os passageiros e tripulantes desembarcaram do avião", disse ainda a Air Canadá, que confirmou que 23 pessoas ficaram feridas sem gravidade e foram transportadas para hospitais locais "para serem objeto de observação e para receberem tratamento", sendo que 18 destes feridos já receberam alta médica.

O incidente gerou um apagão no terminal do Aeroporto Internacional de Halifax, que acabou por ser encerrado para todos os voos.
Lusa
  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.