sicnot

Perfil

Mundo

Crianças recrutadas pelo Estado Islâmico decapitam nove xiitas na Síria

Nove crianças recrutadas pelo movimento 'jihadista' do Estado Islâmico (EI) decapitaram nove muçulmanos xiitas, denunciou hoje o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. . 

© Umit Bektas / Reuters

Em comunicado, a Organização Não Governamental (ONG) explicou que o EI divulgou um vídeo onde aparecem nove crianças a decapitar maiores de idade, acusados de pertencer ao islamismo xiita, mas não especifica a área ou o momento em que estas execuções foram realizadas.


As crianças, oito dos quais aparecem encapuzadas nas fotos, estavam também munidas de metralhadoras automáticas. 


Um porta-voz do EI diz no vídeo que a sua organização não esquece o que o "ímpio regime xiita" da década de 80 fez com os muçulmanos na cidade de Hama, referindo-se ao falecido Presidente sírio, Hafez al-Assad.


"Não esqueceremos qualquer gota de sangue dos muçulmanos que foi derramada nesta terra abençoada (Síria)", disse.


O extremista aludia ao massacre perpetrado pelo regime sírio em Hama em 1982, para debelar uma rebelião do grupo islamita sírio da Irmandade Muçulmana.


Segundo o Observatório, o Estado Islâmico recrutou pelo menos 400 menores em zonas que controla na Síria desde o início deste ano, a que chama de "cachorros do califado".


O grupo extremista abriu pontos de recrutamento de crianças nas cidades de Al Mayadin e Albukamal, leste da província síria de Deir al Zur, procurando crianças que vivem perto das suas instalações e os que frequentam as escolas e mesquitas, além das que vão assistir a execuções e castigos do EI, como apedrejamentos, decapitações e crucificações.


Todas as crianças são submetidas a cursos de instrução militar e de religião, nos quais recebem a ideologia 'jihadista'.


Lusa
  • "Serei o Presidente de todos os angolanos"
    2:06
  • Costa de Metro de Odivelas para Lisboa para relembrar corrida entre burro e Ferrari
    2:55

    Autárquicas 2017

    António Costa começou hoje o dia de campanha em Odivelas, para uma viagem de Metro até Lisboa, em que recordou a célebre corrida entre um burro e um Ferrari que protagonizou em 1993 quando foi canditado do PS à Câmara de Loures. Foi nesta cidade, onde ontem à noite, que desferiu um violento ataque a Pedro Passos Coelho, acusando-o de transformar o PSD num partido que não é digno de um Estado democrático.

  • O aeroporto de Beja, um "elefante branco" na planície alentejana
    4:33
  • Supervisão bancária origina novo diferendo entre Carlos Costa e Governo
    0:57

    Economia

    Reacendeu-se a guerra entre o Governo e o governador do Banco de Portugal. Em conferência na sede do banco, esta segunda-feira, Carlos Costa deixou uma crítica indireta ao novo modelo de supervisão bancária. O ministro das Finanças, Mário Centeno, não gostou e exigiu a Carlos Costa que se retratasse, mas o governador recusou-se.

  • Paciente há 15 anos em estado vegetativo consegue seguir objetos e mexer a cabeça

    Mundo

    Um homem de 35 anos, que ficou em estado vegetativo após um acidente de viação há 15 anos, deu sinais de consciência depois de lhe ter sido aplicada uma nova técnica de estimulação nervosa. Cirurgiões implantaram no paciente um pequeno aparelho que estimula o nervo vago, responsável pela ligação nervosa entre o cérebro e o resto do corpo. A intervenção aconteceu em França e a descoberta foi publicada na revista científica Current Biology.