sicnot

Perfil

Mundo

Governo português defende regresso ao diálogo no Iémen

O governo português defendeu hoje o regresso ao diálogo no Iémen e reiterou o apoio aos esforços da ONU para encontrar uma solução para a crise no país. 

© Stringer . / Reuters

É "essencial um retorno ao diálogo que permita uma solução política e abrangente, que preserve a integridade territorial, a estabilidade e a segurança do Iémen. A instabilidade no Iémen potencia também a atividade de grupos terroristas e extremistas, com os riscos regionais e globais daí resultantes", de acordo com um comunicado divulgado pelo ministério dos Negócios Estrangeiros. 

O executivo de Pedro Passos Coelho manifestou ainda "particular preocupação com os efeitos desta crise na já difícil situação da população iemenita". 

O Iémen vive uma crise política desde 22 de janeiro na sequência da renúncia do Presidente Abd Rabbo Mansur Hadi e do governo, dois dias depois de a milícia xiita "hutis" ter assumido o controlo do palácio presidencial.

Os "hutis" já controlam sete províncias do país e expulsaram as autoridades eleitas, mas a ONU considera Abd Rabbo Mansur Hadi o "Presidente legítimo" do Iémen.

O Presidente exilou-se a semana passada na Arábia Saudita, país que lidera uma coligação de nove países árabes - Bahrein, Egito, Emirados Árabes Unidos, Jordânia, Kuwait, Marrocos, Qatar, Paquistão e Sudão - que realiza uma ofensiva contra os rebeldes.

Na segunda-feira, os ataques da coligação atingiram um campo de deslocados, e provocaram dezenas de mortos e feridos, de acordo com informações dos rebeldes. A ONU confirmou que pelo menos 29 civis morreram e 41 ficaram feridos.

O Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos alertou para a rápida deterioração da situação no Iémen e avisou que o país se encontra próximo do "colapso total".



Lusa
  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • "Nós aceitamos sempre os resultados das eleições"
    1:07

    País

    Durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa, o líder dos sociais-democratas garantiu que o partido tem fair-play mas disse que está nas eleições autárquicas para ganhar. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que o PSD aceita sempre os resultados das eleições.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Data e local da canonização serão anunciados a 20 de abril
    2:23

    País

    O Papa aprovou esta quinta-feira o decreto que valida o milagre atribuído a Francisco e Jacinta. A data e local da cerimónia da canonização dos pastorinhos serão anunciados a 20 de abril, na reunião de cardeais no Vaticano. O Bispo de Leiria/Fátima acredita que a cerimónia possa ser a 13 de maio, durante a visita do Papa a Fátima.