sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades filipinas retiram 24 mil pessoas devido à aproximação do tufão Maysak

Cerca de 24 mil pessoas nas Filipinas estavam hoje a ser retiradas da região costeira um dia antes da chegada prevista do tufão Maysak ao nordeste do país, informaram as autoridades locais. 

© Romeo Ranoco / Reuters

Tempestades, inundações e desmoronamento de terras permanecem ameaças potenciais, ainda que o Maysak, que já foi um super-tufão, tenha diminuído de intensidade para ventos máximos de 160 quilómetros por hora, de acordo com as autoridades.

"Planeamos retirar as pessoas das localidades costeiras", disse à AFP Nigel Lontoc, responsável da proteção civil na região. 

No total, cerca de 24.000 pessoas na província costeira de Aurora, onde está previsto o tufão tocar terra na madrugada de domingo, vão ser retiradas, acrescentou a mesma fonte. 

Na semana passada, o vendaval, que se dirige para as Filipinas, levou três dias para atravessar os Estados Confederados da Micronésia - Chuuk, Kosrae, Pohnpei e Yap -- que se situam a norte da Papua Nova Guiné --, cujo Presidente, Manny Mori, apelou à ajuda internacional. 

Nos Estados Confederados da Micronésia, o Maysak causou pelo menos cinco mortos e milhares de desalojados. 

O estado de emergência foi declarado em Chuuk por causa dos estragos causado pelo fenómeno natural.









Lusa
  • Mário Centeno lidera hoje a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.