sicnot

Perfil

Mundo

Condenado a 18 anos de prisão nos EUA por criar 'sites' de "vingança porno"

Um homem foi condenado a 18 anos de prisão nos EUA na sexta-feira por extorsão e roubo de identidade após publicação de cerca de 10 mil fotos sexualmente explícitas sem o consentimento dos visados, uma prática conhecida como "vingança porno".

© Pawel Kopczynski / Reuters

Kevin Christopher Bollaert, de 28 anos, foi delcarado culpado de 27 delitos por um tribunal de S. Diego, no oeste da Califórnia, por ter gerido 'sites' de "vingança porno", através dos quais ganhava milhares de dólares.

O indivíduo criou em dezembro de 2012 uma página de Internet onde publicava fotos explícitas sem o consentimento das pessoas que nela figuravam.

As fotos eram tiradas com o consentimento das pessoas, mas depois eram publicadas sem o seu acordo, pirateadas ou roubadas.

O 'site' de Bollaert dava as coordenadas e as moradas das pessoas fotografadas, assim como as suas páginas de Facebook. 

O condenado criou outro 'site' a partir do qual pedia 350 dólares às pessoas que o contactavam para adquirirem as fotos. 

Uma das 21 vítimas que testemunhou no processo contou como a sua vida tinha sido virada do avesso, incluindo o facto de a mãe lhe ter deixado de falar. 

"Esta condenação mostra claramente que as consequências serão severas para os que beneficiam da exploração das vítimas na Internet", disse a procuradora da Califórnia, Kamala D. Harris.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, promulgou, em outubro de 2013, uma lei que proíbe as páginas de Internet de "vingança porno".







Lusa
  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.