sicnot

Perfil

Mundo

Obama e Raul Castro juntos na Cimeira das Américas

Os presidentes dos Estados Unidos e de Cuba vão reunir-se durante a Cimeira das Américas, na próxima semana, no Panamá, indicou a diplomacia norte-americana, no âmbito da aproximação histórica entre os dois países.

© Enrique de la Osa / Reuters

O Departamento de Estado indicou ser pouco provável que Washington e La Havana possam reabrir as respetivas embaixadas até à realização desta reunião internacional, a 10 e 11 de abril, como foi anunciado. 

"O presidente Barack Obama sabia, ao decidir participar na Cimeira, que Cuba tinha sido convidada e que haveria uma interação. Os dirigentes estarão juntos a maior parte do tempo. Haverá portanto um intercâmbio com Raul Castro", declarou a secretária de Estado adjunta para a América Latina, Roberta Jacobson. 

"Além do encontro bilateral com o presidente (do Panamá Juan Carlos) Varela, nenhuma outra reunião está programada, portanto não sei exatamente que tipo de interação acontecerá", acrescentou a diplomata, sem pormenores. 

Esta Cimeira das Américas, onde estarão presentes os presidentes Obama e Castro, entre 34 dirigentes, assume um destaque particular por acontecer depois do anúncio histórico, a 17 de dezembro passado, da restauração das relações diplomáticas entre Washington e La Havana, após meio século de tensões herdadas da Guerra-Fria. 

Os dois países já realizaram, em janeiro, fevereiro e março, ciclos de negociações oficiais para o restabelecimento das relações diplomáticas e a reabertura das embaixadas. 

Washington tinha como objetivo reabrir a chancelaria em La Havana antes da Cimeira das Américas. Cuba faria o mesmo com a embaixada na capital federal norte-americana. 

Mas "a Cimeira começa dentro de seis dias (...) o que não dá muito tempo", disse Marie Harf, uma das porta-vozes do Departamento de Estado, . 

Os dois governos mantêm contactos, desde 1977, através de secções de interesses que funcionam como chancelarias. 







Lusa
  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Número de vítimas mortais dos incêndios sobe para 45

    País

    Uma pessoa que estava internada no Hospital da Prelada, Porto, na sequência dos incêndios do dia 15 nas regiões Centro e Norte, morreu hoje, anunciou a unidade hospitalar, subindo assim para 45 o número de vítimas mortais daqueles fogos.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Achado inédito encontrado na nau de Vasco da Gama naufragada em Omã

    Mundo

    Uma equipa de investigadores afirma ter encontrado, ao largo da costa de Omã, o mais antigo instrumento de navegação alguma vez descoberto. O achado arqueológico é um astrolábio e terá sido localizado no meio do que resta da nau Esmeralda, da frota de Vasco da Gama, naufragada no Oceano Índico em 1503.

    SIC

  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.