sicnot

Perfil

Mundo

Putin aceita convite da China e visitará Pequim em setembro

O Presidente russo, Vladimir Putin, visitará Pequim no dia 3 de setembro para celebrar o 70.º aniversário da vitória da China sobre o Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

© RIA Novosti / Reuters

O anúncio foi hoje feito pelo ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, depois de se reunir em Moscovo com o seu homólogo russo, Sergei Lavrov.

"As nossas relações com a China alcançaram um nível excelente e sem precedentes", disse Lavrov à imprensa.

Por sua vez, Wang Yi agradeceu a Putin por ter aceitado o convite para assistir aos atos comemorativos de setembro próximo.

"Seguindo o exemplo da Rússia e de outros países, a China decidiu celebrar com os seus aliados o heroico acontecimento pela primeira vez", acrescentou Wang.

O chefe da diplomacia russo indicou ter também abordado com Wang Yi assuntos internacionais como os conflitos no Iémen, na Síria e na Ucrânia.

"A Rússia e a China defendem que todos os conflitos sejam resolvidos através de diálogo e esforço coletivo. No Iémen, o uso da força deve cessar e devem ser reatadas as negociações entre todas as partes iemenitas", frisou Lavrov.

O MNE chinês encontra-se em Moscovo para acertar também os pormenores da visita oficial que o Presidente Xi Jinping fará à Rússia a 9 de maio.

Xi participará no desfile do Dia da Vitória, que comemora o triunfo da União Soviética e dos Aliados sobre a Alemanha nazi na Segunda Guerra Mundial.

Cerca de 20 líderes mundiais assistirão a estas cerimónias, embora só dois europeus tenham anunciado a sua presença: o Presidente checo, Milos Zeman, e o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, que causou, com esta decisão, receios entre os seus parceiros da União Europeia.

Lusa

  • Crianças trocadas à nascença não querem mudar de pais

    Mundo

    Tem todos os ingredientes de um argumento de filme, mas aconteceu de facto na Índia. Dois bebés foram trocados à nascença na maternidade, os resultados de ADN confirmaram-no quase três anos depois, mas as crianças, atualmente com 2 anos e 10 meses, não querem mudar de família.

    SIC

  • Agressões e rascismo em escola de Portimão
    3:06

    País

    Queixas de agressões, insultos, discriminação e racismo numa escola básica de Portimão estão a ser alvo de um processo de averiguações, por parte da autarquia e da direção do agrupamento escolar. As denúncias partem de um grupo de pais e foram tornadas públicas pela organização SOS Racismo.  A principal visada é uma funcionária da cantina, mas também uma professora.

  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31