sicnot

Perfil

Mundo

União Europeia aumenta em 2,5 milhões de euros ajuda de emergência à Síria

A União Europeia (UE) decidiu alargar a ajuda de emergência às operações no terreno na Síria da agência da ONU para os refugiados palestinianos (UNRWA), com o envio de 2,5 milhões de euros, informou hoje o executivo comunitário. 

© Francois Lenoir / Reuters

Bruxelas destacou que a situação dos 18 mil refugiados palestinianos e sírios no campo de Yarmuk, perto de Damasco, se deteriorou gravemente na sequência da violência registada nos últimos dias. 

"O sofrimento de civis em Yarmuk está a alcançar níveis intoleráveis. Uma vez mais, é preciso pedir a todas as partes para que permitam o acesso da ajuda humanitária aos refugiados palestinianos e facilitem a sua proteção e a dos civis sírios afetados", segundo o comunicado do comissário europeu para a Ajuda Humanitária, Christos Stylianides. 

Como parte do fundo da UE para a Síria, os recursos esperam dar apoio às necessidades das pessoas e famílias mais vulneráveis no país, especialmente nas zonas mais afetadas recentemente pela violência como Yarmuk, Idlib, Dara'a e Alepo, acrescenta.

Até agora, a UE mobilizou 3.350 milhões de euros para ajudar a Síria e já criou um fundo fiduciário para melhorar a assistência no país árabe e nas nações vizinhas afetadas pelo conflito. 

Lusa
  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".