sicnot

Perfil

Mundo

Shakira e Piqué ajudam milhares de crianças com campanha World Baby Shower

A campanha 'World Baby Shower', lançada em janeiro pela cantora colombiana  Shakira e pelo marido, Gerard Piqué, jogador do Barcelona, para ajudar crianças desfavorecidas, já angariou cerca 140 mil euros, anunciou esta quinta-feira a Unicef.

"Esta é uma extraordinária demonstração de generosidade da parte de Shakira e Piqué, mas também das milhares de pessoas que contribuíram para a campanha" com donativos, afirmou Shanelle Hall, responsável de fornecimentos daquela agência das Nações Unidas. (Arquivo)

"Esta é uma extraordinária demonstração de generosidade da parte de Shakira e Piqué, mas também das milhares de pessoas que contribuíram para a campanha" com donativos, afirmou Shanelle Hall, responsável de fornecimentos daquela agência das Nações Unidas. (Arquivo)

© Albert Gea / Reuters

O valor alcançado serviu para comprar 130 mil vacinas contra a paralisia cerebral e o sarampo e suplementos alimentares suficientes para nutrir 15 mil crianças com necessidades, referiu Shakira, que é também embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

"Esta é uma extraordinária demonstração de generosidade da parte de Shakira e Piqué, mas também das milhares de pessoas que contribuíram para a campanha" com donativos, afirmou Shanelle Hall, responsável de fornecimentos daquela agência das Nações Unidas.

Referindo-se ao 'World Baby Shower', Shanelle Hall, em tom de brincadeira, disse tratar-se do "melhor disco" de Shakira e do "melhor golo" de Gérard Piqué.

A iniciativa conta ainda com o apoio de 500 mulheres que organizaram o seu próprio 'World Baby Shower', conseguindo desta forma angariar dinheiro "para ajudar ainda mais crianças".

A segunda edição da campanha, que já conseguiu ultrapassar a primeira em valor de donativos, coincide com o nascimento do segundo filho do casal Shakira/Gerard Piqué.

A cantora e o jorgador inauguraram o 'World Baby Shower' há dois anos, quando o seu primeiro filho nasceu.
Lusa
  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Santana Lopes rejeita responsabilidades nas falhas do SIRESP
    1:21

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Sobre o relatório do SIRESP, António Vitorino diz que há neste momento um passa culpas entre entidades que só vai contribuir para aumentar o receio das populações perante os incêndios. Pedro Santana Lopes, que era primeiro-ministro quando foi assinado o contrato da rede de comunicações, diz que não sente responsabilidades e defende que o importante é perceber o que há de errado com o SIRESP.

  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29