sicnot

Perfil

Mundo

Enviado segundo robô para interior do reator 1 da central japonesa de Fukushima

A operadora da central nuclear de Fukushima informou hoje que enviou um segundo robô controlado remotamente para explorar o interior do reator 1, depois de o primeiro destes dispositivos ter desaparecido na semana passada. 

Reuters/ Arquivo

A Tokyo Electric Power (TEPCO) enviou um novo robô equipado com câmaras, um dosímetro e um termómetro para percorrer metade da superfície do tanque de contenção da unidade 1 e recolher dados sobre a temperatura e radiação, além de captar imagens da estrutura, explicou a empresa em comunicado.

Na passada sexta-feira a TEPCO enviou um robô para o reator, que permitiu ver, pela primeira vez, o interior daquela unidade, desde que o terramoto e tsunami de março de 2011 atingiram a central nuclear.

No entanto, o primeiro robô enviado desapareceu dentro da estrutura algumas horas após o início da pesquisa.

Desde o acidente nuclear, os elevados níveis de radiação nos edifícios dos reatores 1,2 e 3 impediram os técnicos de acederem ao seu interior e verificar o estado em que se encontra o combustível fundido dentro das unidades.

  • Mosquito transmissor da dengue detetado em Portugal

    País

    Uma espécie de mosquito que é transmissor do vírus da dengue foi identificado pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país, anunciou esta quarta-feira a Direção-geral da Saúde (DGS) e o Instituto Doutor Ricardo Jorge.

  • Marcelo não comenta proposta sobre nomeação do governador do BdP
    0:14

    Economia

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar a proposta do grupo de trabalho para a reforma da supervisão financeira, que recomenda que o governador do Banco de Portugal seja nomeado pelo Presidente da República. Marcelo não quis comentar o assunto esta quarta-feira durante a tomada de posse do Reitor da Universidade de Lisboa.

  • Habitantes da favela da Rocinha temem novo episódio violento
    2:54

    Mundo

    Localizada no Rio de Janeiro, a Rocinha, maior favela do Brasil, foi palco de um tiroteio entre traficantes, no último fim de semana. Agora, pelo terceiro dia consecutivo, a polícia do Rio de Janeiro está a fazer um cerco em algumas favelas cariocas à procura de traficantes. A comunidade está assustada e receia que episódios violentos como este se repitam.