sicnot

Perfil

Mundo

Grupo audiovisual France Télévisions vítima de grande fuga de informação

A France Télévisions foi vítima de uma grande fuga de informação orquestrada por piratas informáticos e abrangendo mais de 100.000 dos seus contactos, anunciou hoje o grupo audiovisual público, que admite ter "segurança insuficiente".

(Arquivo)

(Arquivo)

© Benoit Tessier / Reuters

Este ataque foi diferente do sofrido há uma semana pela estação de televisão francófona TV5Monde, que envolveu o controlo durante várias horas das suas contas nas redes sociais Twitter e Facebook e da sua página na Internet por elementos que se apresentaram como pertencendo ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

No caso da France Télévisions, tratou-se de um ataque informático mais clássico, com o objetivo de revenda dos dados.

Os ficheiros a que os piratas acederam continham 19 mil pedidos de inscrição em jogos televisivos, bem como 108.000 contactos datando de março de 2014, explicou à agência de notícias francesa AFP Stéphane Van Bosterhaudt, diretor técnico da France Télévisions.

"Ontem (terça-feira), ocorreu um acesso ilegítimo a um serviço anexo da France Télévisions (...) Este ato desencadeou a cópia de um número de dados pessoais limitados (nome, apelido, morada, endereço eletrónico e ou telefone)", indicou o grupo audiovisual público em comunicado.

"Nenhuma palavra-passe, nenhuma informação bancária foi obtida", acrescentou o grupo, precisando que "esta fuga de dados está agora concluída".

Segundo o sítio da Internet especializado Next INpact, que alertou na terça-feira de manhã a France Télévisions, "para alcançarem os seus objetivos, os piratas não precisaram de usar um estratagema e, posteriormente, recorrer a um ciberataque: de facto, um simples URL foi suficiente para recolher os dados deixados às claras".

Tais dados representam menos de 1% dos 12 milhões de contactos que a France Télévisions tem nas suas bases, sublinhou o grupo audiovisual.

A France Télévisions, que avisou os utilizadores em causa quanto aos riscos de 'phishing' (usurpação de identidade para cometer fraude), anunciou que vai apresentar queixa judicial na sexta-feira.
Lusa
  • Governo francês condena ataque informático à TV5 Monde
    1:30

    Mundo

    O canal francês TV5 Monde foi alvo de um ataque informático de um grupo que diz ter ligações ao Estado Islâmico. Na televisão e nas páginas de internet foram publicadas mensagens de propaganda jihadista. A direção fala num ataque sem precedentes na história da televisão. O Governo de Paris garante está a fazer todos os possiveis para punir os responsáveis.

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.